Manaus, 02/10/2022

Cidade

Ação no “Dia Lixo Zero” retirou meia tonelada de resíduos do igarapé do Gigante, no Tarumã

Ação no “Dia Lixo Zero” retirou meia tonelada de resíduos do igarapé do Gigante, no Tarumã
24/08/2022 16h50

O Coletivo Manaus Lixo, em parceria com as secretarias municipais de Limpeza Pública (Semulsp), e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), além dos profissionais da plataforma Agentes do Meio Ambiente (AMA), retirou mais de meia tonelada de resíduos do Igarapé do Gigante, no Tarumã. A ação marcou o “Dia Lixo Zero”, mobilização nacional que acontece anualmente, para chamar atenção da sociedade sobre os cuidados com o meio ambiente.

Além da retirada dos resíduos do igarapé, as equipes da Semulsp desfilaram por algumas ruas com uma carreta repleta de lixo. O objetivo foi sensibilizar a população sobre o impacto de suas ações ao meio ambiente. A embaixadora do Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB), em Manaus, Almira Neta, ressalta que é urgente a necessidade de soluções para a destinação adequada dos resíduos sólidos gerados na cidade. “Não podemos mais esperar para agir. Os impactos das ações humanas já são visíveis e pioram a cada ano, com igarapés poluídos, enchentes recordes, entre outros problemas”, disse.

Almira Neta explica que esse é o segundo ano que Manaus participa da mobilização do “Dia Lixo Zero” e os resultados têm sido positivos. “A cidade tem avançado aos poucos, no que diz respeito à destinação dos resíduos. O número de Pontos de Entregas Voluntárias (PEV) aumentou consideravelmente, chegando a 35, mas ainda há muito a ser feito e é preciso que cada pessoa faça sua parte”, destacou.

Os endereços dos PEV’s podem ser consultados no site do Coletivo Manaus Lixo Zero – www.manauslixozero.com.br ou baixando o aplicativo “Manaus Lixo Zero” na Playstore.

Segundo o embaixador do ILZB, em Manaus, o biólogo Daniel Santos, diretor da Damata Consultoria e Projetos, o coletivo já deu início aos preparativos para a “Semana Lixo Zero”, que acontece em outubro. Desde o ano passado essa programação foi incluída no calendário estadual, através da Lei nº 5.514. Antes, a “Semana Lixo Zero” só fazia parte da programação municipal.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.