Manaus, 30/01/2023

Polícia

Agentes prendem homem com drogas e duas armas de fogo no bairro Compensa

Agentes prendem homem com drogas e duas armas de fogo no bairro Compensa
25/01/2023 10h20

Agentes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), prenderam nesta terça-feira, 24/01, um homem de 33 anos, por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas no bairro da Compensa, zona oeste de Manaus. Com ele foram apreendidas duas armas de fogo e diversas porções de entorpecentes.

De acordo com o relatório, por volta das 12h, os agentes receberam uma informação de que um indivíduo de 33 anos estaria armado e vendendo drogas no beco Brasil, bairro Compensa. A equipe se deslocou até o local indicado e realizou uma abordagem.

De acordo com o subtenente Muller, da Seaop, o infrator seria suspeito de participar de um ataque realizado no bairro Santo Agostinho na última semana.

“Recebemos a informação de que esse homem estaria em frente de uma casa, em poder de arma de fogo e drogas, ele também era suspeito de participar de um ataque no bairro Santo Agostinho, na última semana. As equipes deslocaram e ao chegar um outro indivíduo que estava na rua empreendeu fuga e foi perseguido sem sucesso, já na casa do suspeito, foi encontrado uma pistola calibre 40 e entorpecentes.” Completou o subtenente.

Na casa do suspeito foram apreendidas 17 porções de cocaína e uma pistola calibre 40 com 10 munições. Durante as buscas do outro suspeito que se evadiu do local, foi encontrado um revólver calibre 38, com cinco munições, acredita-se que o homem deixou cair durante a fuga.

O infrator foi apresentado no 19° Distrito Integrado de Polícia para os procedimentos cabíveis.

Denúncia

O Disque 181, da SSP-AM, atende 24 horas por dia, sete dias por semana. As ligações são gratuitas e sigilosas.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.