Manaus, 05/12/2022

Cultura e Entretenimento

Amazonas Green Jazz Festival acontecerá em julho com dois shows por dia no Teatro Amazonas

Amazonas Green Jazz Festival acontecerá em julho com dois shows por dia no Teatro Amazonas
12/05/2022 17h10

Faltando menos de três meses para o Amazonas Green Jazz Festival, o público já pode adquirir os ingressos para acompanhar os mais de 16 shows que acontecerão no Teatro Amazonas, entre os dias 22 e 30 de julho. Os ingressos estão disponíveis para venda no site www.bilheteriadigital.com ou na bilheteria do espaço cultural, com valores de R$ 30 a R$ 100.

Esta é a décima edição do festival de jazz, que acontece com apoio da Lei de Incentivo à Cultura, sob coordenação do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, com grandes nomes do instrumental brasileiro e da elite mundial do jazz.

A venda dos ingressos é feita por dia de evento. Assim, os compradores optam por um dos oito dias de Amazonas Green Jazz Festival e têm direito a acompanhar todos os shows programados para o dia escolhido.

Programação de shows

O Amazonas Green Jazz Festival vai iniciar no dia 22 de julho (sexta-feira), com a Amazonas Band, referência no País, composta por grandes instrumentistas sob regência do maestro Rui Carvalho, que também é o diretor do evento.

A Band se apresenta em conjunto com o Corpo de Dança do Amazonas (CDA), com coreografia assinada por Rui Moreira, um dos nomes mais representativos da dança contemporânea no Brasil. Também vai contar com a participação especial do sax soprano Marcelo Coelho, com a obra “Ritos de Passagem”, composta pelo instrumentista americano Ed Sarath, que também atua como solista. As apresentações seguem com o Triumvirate, trio liderado pelo músico porto-riquenho, indicado ao Grammy Awards, Edsel Gomez.

No dia 23 de julho (sábado), vai ser a vez de Karine Aguiar & Jungle Jazz Ensemble, unindo o jazz às cantigas e batuques de manifestações musicais amazônicas. Em seguida, sobe ao palco o vencedor do Grammy, o trompetista norte-americano, Keyon Harrold, que se apresenta junto com seu quinteto pela primeira vez em solo brasileiro.

O dia 24 de julho (domingo), começa com jazz e rap no show de Marcelo Coelho & Mclav.In e participação especial do rapper, compositor e beatmaker, Kamau, e do DJ Raffa Santoro, filho do compositor amazonense Claudio Santoro. Ainda no domingo, a anfitriã do festival, a Amazonas Band, recebe o trompetista, compositor e arranjador norte-americano, Daniel Barry, junto com o multi-instrumentista e compositor brasileiro, Felipe Salles.

No dia 25 de julho (segunda-feira), acontecerá a final do concurso Jovem Instrumentista, onde serão anunciados os vencedores da disputa com apresentações musicais de cada categoria.

Quem adquirir ingressos para o dia 26 de julho (terça-feira), vai conferir a apresentação do duo formado pelo multi-instrumentista Mauro Senise e o pianista, compositor e arranjador, Gilson Peranzzetta. A programação segue com o quarteto do capixaba Bruno Mangueira, um dos principais guitarristas brasileiros da atualidade.

No dia 27 de julho (quarta-feira), as apresentações seguem com o Trio Corrente, considerado um dos mais consagrados grupos do gênero no Brasil, já premiado com o Grammy de melhor álbum latino de jazz. A noite ainda tem a apresentação da Amazonas Band, com participação especial do solista Rodrigo Ursaia e do trompetista que acumula seis troféus e 19 indicações ao Grammy Awards, Randy Brecker, dos Estados Unidos.

No dia 28 de julho, quinta-feira, os espectadores vão poder acompanhar o trio formado por um dos maiores pianistas brasileiros de todos os tempos, Amilton Godoy, junto com os jovens Edu Ribeiro e Sidiel Vieira, além de Jeff “Tain” Watts, músico e compositor, ganhador do Grammy.

No dia 29 de julho (sexta-feira), acontecem os shows de um dos grandes nomes do trompete brasileiro, Daniel D’Alcântara, e do grupo do trombonista e arranjador, indicado ao Grammy, The John Fedchock New York Sextet. O Amazonas Green Jazz Festival se despede, no dia 30 de julho (sábado), com apresentações de Aaron Parks, com o seu projeto Little Big, além da Amazonas Band junto com Leila Pinheiro, cantora, pianista e compositora com mais de 40 anos de carreira.

“Essa décima edição do festival será, sem dúvidas, um evento marcante. A realização do festival após a espera por conta da pandemia da Covid-19, torna o evento ainda mais aguardado. O público pode ter certeza de que estamos preparando grandes shows, com experiências inesquecíveis”, afirma o diretor do Amazonas Green Jazz Festival, o maestro Rui Carvalho.

Mais sobre o festival

O Amazonas Green Jazz Festival tem patrocínio master do Instituto Cultural Vale, patrocínio da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás), apoio da Embaixada dos Estados Unidos e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), e o Juma Ópera é o hotel oficial do evento.

FOTOS: Divulgação/Aguilar Abecassis

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.