Manaus, 13/05/2021

Política

Amazonino, Eduardo Braga e Wilson Lima Os Pré-candidatos Ao Governo Em 2022

Amazonino, Eduardo Braga e Wilson Lima Os Pré-candidatos Ao Governo Em 2022
18/04/2021 10h09

Mesmo vivendo uma época bem atípica onde as pessoas quase não saem de casa, e a humanidade luta para sobreviver, a política baré  não dá trégua, e o tabuleiro começa a ter suas primeiras mexidas. Para aqueles que pensavam que Amazonino havia se aposentado e não queria mais saber de disputas eleitorais, enganou-se! O “velho cacique” saiu da toca mais uma vez, e para garantir que não levará pernada e que tenha a liberdade de escolher seu Vice já que na eleição de 2020 foi meio que forçado engolir Wilker Barreto, dessa vez ele tomou o PODEMOS e agora é o Presidente Estadual, ou seja, é quem dá as cartas, decide quem entra e quem sai. Essa jogada do Mazoca é a prova real que ele tem o maior interesse em disputar as eleições de 2022 ou não, quem sabe use seu poder de barganha para articular a volta do seu grupo ao poder? Eu particularmente penso ser perigoso já que uma eleição custa cara, e Amazonino caso se lance, enfrentará as duas poderosas máquinas, do estado e prefeitura, será que ele tem peito para encarar mais essa? Quem sabe saia candidato objetivando desiquilibrar o pleito e levar para o tatame um possível segundo turno? Vamos pagar para ver, vamos pagar mesmo, pois o custo de uma eleição é do contribuinte.

Outro que já é candidato alto declarado é o Senador Eduardo Braga (MDB), quem tem visitado todo interior do estado de forma constante e nos bastidores já conta com apoio de pelo menos trinta prefeitos, inclusive o MDB é um dos partidos que mais tem prefeitos no interior do Amazonas. O grande gargalo na vida de Eduardo Braga é sua alta rejeição na capital, a prova disso é que por muito pouco ele perde a eleição de Senado para o Ex-deputado Luiz Castro (REDE), com uma grana a mais Luiz era o Senador. A pergunta é: Eduardo consegue reverter essa rejeição? Há quem diga que ele já desenha uma coligação com Amazonino e, que a mega rejeição de Wilson Lima lhe põem em larga vantagem, já tem gente ensaiando o coro: ” Vou pedir pra você voltar!”.

Por último, apesar de ser o governador mais odiado da história, muito mais que o Ex-governador José Melo, Wilson de Miranda Lima, tentará ficar mais quatro anos comandar o estado, uma missão quase que impossível. Eu particularmente penso que Wilson só vem cumprir tabela e jogar suas fichar no segundo turno, apoiando alguém para manter seus negócios no estado. Wilson tenta uma estratégia antiga, distribuindo gás, rancho, madeira e cheques de cinquenta mil para os ribeirinhos, uma espécie de compra de votos antecipada. Ele se volta para interior, esperando a poeira baixar e o povo da capital esqueça do massacre que ele promoveu, massacre, homicídio doloso e assassinato em massa.  Me surpreendo com tamanha cara de pau, tem governador de outros estados que por muito menos foi afastado e está perto de ser preso. Talvez nosso amigo paraense confie na força da máquina e pense que ela o reconduzirá ao cargo de governador, um ledo engano, ele deverá ter a derrota mais acachapante da história de nosso estado. Aguardemos quem serão os próximos atores desse filme de terror. Marcelo Generoso.