Manaus, 15/05/2021

Brasil

Após impeachment, Wilson Witzel fica inelegível por 5 anos

Após impeachment, Wilson Witzel fica inelegível por 5 anos
01/05/2021 10h00

Nesta sexta-feira (30), o Tribunal Especial Misto aprovou, por unanimidade, o impeachment do governador Wilson Witzel, do Rio de Janeiro. Além do afastamento, os membros do tribunal também votaram para que ele também fique inelegível por um período de 5 anos.

Witzel foi investigado por crime de responsabilidade por supostas fraudes na compra de equipamentos e celebração de contratos durante a pandemia de Covid-19.

Os dez integrantes do tribunal votaram pela condenação de Witzel por entender que ele cometeu os crimes.

O relator do processo foi o deputado Waldeck Carneiro (PT), que entendeu que Witzel cometeu crime de responsabilidade ao promover a requalificação da OS Unir Saúde, contrariando pareceres técnicos do governo. Ele também viu crime em relação à contratação da OS Iabas para a construção e operação de sete hospitais de campanha durante a pandemia.

Já o voto do deputado estadual Alexandre Freitas (Novo) elevou o placar a 7 x 0, o que já correspondeu aos dois terços necessários para a condenação.