Manaus, 29/03/2023

Amazonas

Arsepam realiza intercâmbio com Governo do Amapá para execução de recurso no transporte rodoviário intermunicipal

Arsepam realiza intercâmbio com Governo do Amapá para execução de recurso no transporte rodoviário intermunicipal
06/02/2023 16h40

O diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), João Rufino Júnior, e equipe técnica e jurídica da autarquia, estão em Macapá realizando um intercâmbio de informações com o Governo do Amapá, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setrap), sobre o modelo adotado para a execução dos recursos federais provenientes da Portaria Interministerial nº 9/2022.

Durante visita realizada por Rufino Júnior no final do mês passado ao Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR), em Brasília, o Governo do Amapá foi citado como referência na efetivação do aporte de assistência financeira destinado a auxiliar o custeio da gratuidade às pessoas idosas no transporte público coletivo urbano, semiurbano ou metropolitano.

O gestor da Arsepam pontuou que a reunião desta segunda-feira (06/02) foi esclarecedora quanto aos procedimentos adotados para a aplicabilidade do recurso. No encontro, ele esteve com os secretários titular e adjunto da Setrap, respectivamente Valdinei Amanajás e Vespasiano Cardoso Cavalcante Junior, e os analistas em infraestrutura, Paulo e Najara Bitencourt.

“Essa troca de informações é fundamental para a melhor prestação do serviço público. E, por se tratar de dinheiro público, temos que ter total responsabilidade e transparência na hora de aplicá-lo. A população ganha com tudo isso. Aproveito a oportunidade para agradecer o Governo do Amapá pela contribuição”, finalizou.

Experiência

Em 27 de janeiro deste ano, Rufino Júnior se reuniu em Brasília com o ministro Waldez Góes. Na ocasião, ele apresentou sugestões para o aprimoramento da Portaria Interministerial nº 9/2022, além de destacar a importância do fortalecimento das agências reguladoras para a prestação de serviços públicos de qualidade.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.