Manaus, 06/10/2022

Cidade

ATIVIDADES EDUCATIVAS E OFICINAS MARCAM A QUINTA EDIÇÃO DO CIRCUITO DA CIÊNCIA

 O Circuito da Ciência, no Bosque da Ciência Fotos: Lton Santos/Semed
O Circuito da Ciência, no Bosque da Ciência Fotos: Lton Santos/Semed
29/09/2018 08h00

O Circuito da Ciência, no Bosque da Ciência, zona Sul de Manaus, teve a participação de alunos das escolas municipais Deputado Ulisses Guimarães, Mário Lago, Marly Barbosa Garganta e Abílio Alencar, que participam do Programa Ciência na Escola (PCE), na manhã desta sexta-feira, 28/9. O projeto é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com a Fundação de Amparo a Pesquisa do Amazonas (Fapeam).

O Circuito da Ciência acontece sempre na última sexta-feira do mês e a escola que tiver interesse em participar deve acessar a página do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), no link http://portal.inpa.gov.br/ e agendar a visita.

Aproximadamente 120 alunos do Ensino Fundamental tiveram uma aula diferenciada sobre saúde bucal, doenças de chagas e leishmaniose, combate ao Caramujo Africano, frutos nativos da Amazônia, escotismo e biotério central. Segundo o coordenador do PCE na Semed, Rosivaldo Moreira, a aula prática ajuda no trabalho de pesquisa desenvolvido pelos estudantes. “Os jovens cientistas das nossas escolas estão visitando o circuito e levando informações que enriquecerão as pesquisas que eles já desenvolvem nas escolas”, comentou.

Durante a manhã de atividades, os alunos do 8º ano da Escola Municipal Abílio Alencar, da zona Rural, apresentaram a peça teatral “A influência das mitologias e lendas na formação linguística, cultural e literária do povo amazonense”.

Para Nadson Nogueira, 14, que cursa o 9º ano da Escola Municipal Deputado Ulisses Guimarães, zona Norte, o mais interessante da visita foi conhecer o trabalho de combate à dengue. “Foi muito interessante aprender sobre o controle biológico que é realizado. Eu não imaginava que muitos insetos são utilizados para fazer esse controle, beneficiando o nosso bem estar”, explicou.

Exposição

Outras duas unidades municipais participaram do Circuito apresentando o projeto cientifico que tem sido desenvolvido. Uma delas foi a Escola Municipal de Educação Especial (Cmee) André Vidal, que expôs “A riqueza dos pontos turísticos de Manaus no mundo da Matemática”. O trabalho tem como objetivo apresentar aos alunos os pontos turísticos de Manaus, realizando atividades que desenvolvam o raciocínio lógico matemático com jogos educativos.

De acordo com a professora do Cmee, Eliane Costa, que trabalha com alunos do 3º segmento da Educação de Jovens e Adultos (EJA), as pessoas que visitaram o stand ficaram surpresos com a agilidade que os alunos da Educação Especial resolvem os problemas. “Essa é uma oportunidade que os alunos da Educação Especial também são capazes de desenvolver pesquisas”.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.