Manaus, 30/01/2023

Mundo

Balenciaga se pronuncia sobre polêmica e promete investigação

Balenciaga se pronuncia sobre polêmica e promete investigação
29/11/2022 10h40

Em nota publicada em suas redes sociais nesta segunda-feira (28), a Balenciaga responde a uma série de perguntas sobre a polêmica em que a grife foi envolvida após uma propaganda com crianças e objetos sexuais.

Há dias que o assunto tem sido compartilhado nas redes sociais colocando a empresa diante de acusações de pedofilia e exploração infantil.

No texto, a marca diz que “condena fortemente o abuso infantil” e que não era a intenção incluir este assunto em sua narrativa.

– As duas campanhas em questão refletem uma série de erros graves pelos quais a Balenciaga assume responsabilidade. A primeira campanha, de coleção de presentes, apresentou crianças com bolsas de pelúcia vestidas com o que alguns rotulam de roupas inspiradas do BDSM. Nossas bolsas de urso de pelúcia e a coleção de presentes não deveria ser apresentadas para crianças. Esta foi uma escolha errada – diz parte da nota.

E continua:

– A segunda campanha separada para a primavera de 2023, que era para replicar um ambiente de escritório comercial, inclui uma foto com uma página ao fundo de uma decisão do Supremo Tribunal dos Estados Unidos V. WILLIAMS’ 2008 que confirma que confirma a ilegal e não protegida ple aliberdade de expressão a promoção de pornografia infantil. Todos os itens incluídos neste ensaio foram fornecidos por terceiros que confirmaram por escrito que esses aparelhos eram documentos de escritório falsos e que aconteceram ser verdadeiros papéis legais provavelmente vindo da filmagem de um drama de televisão.

Em outro ponto, a empresa assume a culpa por não ter feito a supervisão nessas duas campanhas e anuncia que investigações internas e externas estão em andamento. Além disso, a Balenciaga promete fazer mudanças para que estes problemas não voltem a acontecer.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.