Manaus, 07/12/2022

Amazonas

CAMPANHA “CURUMIM SOLIMÕES” PEDE AJUDA AS CRIANÇAS DE ALDEIAS INDÍGENAS

CAMPANHA “CURUMIM SOLIMÕES” PEDE AJUDA AS CRIANÇAS DE ALDEIAS INDÍGENAS
12/10/2018 16h28

O  enfermeiro na saúde indígena Leonardo Paiva tem uma nobre missão, além de cuidar da saúde das crianças de Tabatinga interior do Amazonas,  ele desenvolve ação solidária para os pequenos que na língua indígena são conhecidos por “Curumins”.

“Quem me conhece sabe que trabalho com saúde, sou , em uma área de difícil acesso, e junto com os amigos de trabalho aqui (Tabatinga) diariamente nos deparamos com diversas situações de carência, nos comove demasiadamente em relação aos pequenos curumins (falta de roupinha ao nascer, leite nan aos baixo peso e muito baixo peso, material de higiene e fraldas), disse o enfermeiro.

A campanha curumim solimões iniciou,  em 2017, na qual ajudou muitas crianças em diversas aldeias ao pólo de saúde (belém do solimões -dsei alto rio solimões) no qual Paiva trabalha.

Mas as dificuldades continuam e para ajudar as crianças das aldeias o enfermeiro está desde o dia Portanto 06 de outubro em manaus para manter antigas parcerias e realizar novas afim de ajudar mais uma vez os pequenos curumins. Definir data de início e fim da campanha curumim solimões 2018 e as doações de arrecadação: roupas de crianças de 0 a 5 anos, leite, fraldas e material de higiene basicamente.

“Conto com apoio mais uma vez de todos, tenho certeza que juntos vamos ajudar muitos pequenos indígenas! #campanhacurumim2018. Informo que nosso parceiro na coleta das doações para campanha curumim solimões 2018 será Companhia Athletica, Unidade Manauara Shopping, a partir do dia 11/10/2018. Doações aceitas até 30/12/2018: roupinhas de recém nascido a 5 anos, fraldas, leite nan 1 e 2, material de higiene. (whatsapp: 92 993177872). Novamente conto com apoio de todos!” disse Leonardo Paiva” que fica em Manaus até segunda (15) e retornar a Manaus o dia 05 de novembro.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.