Manaus, 24/09/2022

Política

Ciro Gomes aciona o TSE para barrar candidatura de Bolsonaro

Ciro Gomes aciona o TSE para barrar candidatura de Bolsonaro
19/08/2022 21h30

Nesta sexta-feira (19), a campanha do candidato Ciro Gomes à Presidência decidiu acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para barrar a candidatura do presidente Jair Bolsonaro. A ação foi baseada em uma reunião que Bolsonaro teve com embaixadores em julho, quando criticou a Justiça Eleitoral e as urnas eletrônicas.

O pedido de declaração de inelegibilidade da campanha de Ciro fala em abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação.

“Deveras, é inegável que o Senhor Jair Messias Bolsonaro aproveitou-se do evento para difundir a gravação do discurso com finalidade eleitoral, indissociável ao pleito de 2022. Isso porque o ataque à Justiça Eleitoral e ao sistema eletrônico de votação faz parte da sua estratégia de campanha eleitoral, de modo que há nítida veiculação de atos abusivos em desfavor da integridade do sistema eleitoral, através de fake news, o que consubstancia-se em um fato de extrema gravidade, apto a ser apurado na ambiência desta Ação de Investigação Judicial Eleitoral”, diz trecho do documento.

O encontro com embaixadores ocorreu no dia 18 de julho. Na ocasião, além de criticar as urnas, Bolsonaro falou sobre fraudes nas eleições de 2014, abordou um inquérito aberto pela Polícia Federal em 2018, com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) e sobre a invasão de um hacker ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.