Manaus, 15/05/2021

Cultura e Entretenimento

Coletivo de artistas realiza ações culturais em municípios da calha do Solimões

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
30/04/2021 13h43

Seis municípios amazonenses da calha do rio Solimões estão na rota do projeto cultural “Palhaçaria Navegante”, que percorrerá o interior do estado com dois espetáculos teatrais/circenses, respeitando as medidas sanitárias de prevenção.

Formada por 20 pessoas, entre artistas e técnicos, a equipe embarcou na manhã desta sexta-feira (30/04) com destino a Tabatinga, primeiro ponto de parada. Na sequência, o projeto passará por São Paulo de Olivença, Tefé, Coari, Codajás e Anori, até o dia 16 de maio.

Cada cidade receberá apresentações do projeto “Roda na Praça” em formato de cortejo, com números musicais e lúdicos, além de 20 DVDs do espetáculo “Imundo de Sofia”, de Ana Oliveira, que serão entregues à respectiva Secretaria Municipal de Educação ou Cultura.

“A tradição circense do Amazonas precisa dar conta das distâncias geográficas das nossas cidades. A oportunidade de realizar essa troca com públicos de lugares tão distintos somará grande valor à nossa arte, além de resgatar e valorizar a magia do circo junto à população”, explica a coordenadora e produtora do projeto, Ana Oliveira, da FitaCrepe Filmes e Artes Cênicas.

O projeto foi contemplado no Programa Cultura Criativa 2020/Lei Aldir Blanc, por meio dos Prêmios Feliciano Lana e Equipa Cultura, uma parceria do Governo do Amazonas com o Governo Federal.

LOCOMOÇÃO

Para realizar o projeto “Palhaçaria Navegante”, a FitaCrepe alugou um barco que servirá não só como meio de locomoção entre os municípios, mas também como hospedagem para as 20 pessoas da equipe embarcada, entre artistas, tripulação e profissionais de apoio (bombeiro civil, eletricista, seguranças, entre outros).

O elenco conta com os artistas Ana Oliveira, Robson Andrei, Teffy Rojas, José Gregório, Klindson Cruz, Denys Cauper, Jean Palladino, Marcos Efrain e Kássia Teixeira.

Durante a viagem, também serão realizados registros audiovisuais de números de palhaçaria para o projeto ClownBARÉ, que será exibido no canal da FitaCrepe no Youtube, após o retorno a Manaus.

FORMATO

Por conta do contexto de pandemia que vivemos, o projeto prevê uma série de medidas para diminuir os riscos de exposição e contaminação durante a viagem.

Ao invés de apresentar os espetáculos em praças e espaços públicos, como seria comum, os artistas farão cortejos “surpresa” pelas ruas das cidades, em dois grupos de cinco pessoas, para que os moradores possam assistir das janelas das suas casas, sem aglomeração.

Além disso, toda a trupe foi testada para Covid-19. A ideia é criar uma bolha de convívio durante o trajeto, mantendo o distanciamento social e uso de máscaras durante a realização das ações nos municípios.