Manaus, 16/05/2022

Geral

Corecon-AM abre inscrições para ‘Prêmio: Imprensa Econômica 2022’

Corecon-AM abre inscrições para ‘Prêmio: Imprensa Econômica 2022’
13/04/2022 12h58

O Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), em parceria com a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Amazonas (SJPAM) e Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), iniciou, nessa terça-feira (12), as inscrições para o ‘Prêmio: Imprensa Econômica 2022’ para homenagear profissionais e publicações do jornalismo especializados na cobertura desta importante editoria do jornalismo amazonense.

O prêmio vai escolher as melhores produções dos veículos que fazem cobertura no Estado do Amazonas, cujo objetivo é reconhecer o trabalho exercido por profissionais da comunicação.

De acordo com o presidente do Corecon-AM, o economista Marcus Evangelista, poderão participar do prêmio os trabalhos produzidos exclusivamente por comunicadores e que tenham sido publicados ou veiculados em algum órgão de imprensa do Estado, sendo eles: jornais, revistas, televisão, rádios e sites.

“O prêmio de jornalismo é uma forma de reconhecimento pelo trabalho e todo esforço desses profissionais – comprometidos com a verdade e com o bem-estar coletivo, para levar informação de qualidade e de excelência ao povo amazonense”, afirmou.

Conforme regulamento, o autor do trabalho desenvolvido e divulgado em algumas das seguintes categorias irá receber dos organizadores do concurso uma placa – reconhecida pela comissão julgadora, como premiação pelo trabalho exercido.

As inscrições podem ser feitas de forma gratuita, no período de 12 de abril até o dia 30 de julho de 2022, às 18 horas, horário de Manaus – Amazonas, pelo e-mail: [email protected], juntamente com o envio do material que será indicado ao prêmio. O regulamento do prêmio foi divulgado no site do Corecon-AM: corecon-am50anos.com.br/, nessa terça-feira, 12 de abril. Os participantes poderão acessar também o regulamento nas redes sociais do conselho.

Os projetos serão julgados por meio de uma Comissão Julgadora, formada por 5 (cinco) profissionais, sendo eles: 3 (três) jornalistas diplomados e 2 (dois) economistas, observando que os jornalistas envolvidos na comissão julgadora não poderão participar do prêmio, assim como os veículos que eles representam.

Os vencedores do prêmio serão agraciados com placas e diplomas, que serão entregues em cerimônia realizada em Manaus, no Amazonas, no dia 13 de agosto, Dia do Economista, em local e hora a serem definidos pelo prêmio. Os vencedores devem comparecer à premiação.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.