Manaus, 26/03/2023

Cultura e Entretenimento

De Manaus para o mundo: Funkeiro da Cidade de Deus assina contrato com gigante da música digital

De Manaus para o mundo: Funkeiro da Cidade de Deus assina contrato com gigante da música digital
08/02/2023 12h00

Há mais de dez anos no cenário musical amazonense, o funkeiro MC Pedrinho da CDD assinou contrato com a ONErpm, uma das maiores plataformas de distribuição digital de música do mundo. A nova etapa na carreira abre a possibilidade de projeção nacional para o artista que leva carinhosamente o bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus, em seu nome.

“Para quem não sabe, CDD é a abreviação de Cidade de Deus, o bairro onde me criei, que tenho vários amigos e onde tudo começou! Esse contrato não é uma vitória só pra mim, mas para todo o cenário do Funk amazonense. Vou servir de inspiração para muito ‘menor’ que, assim como eu, tem o sonho de viver da música e melhorar a vida de sua família”, comemora.

O artista começou a ‘brincar de rima’ em 2013 inspirado por funkeiros como MC Daleste e Roda de Funk. Desde então, tem produzido músicas, feito apresentações até mesmo de forma gratuita para evoluir em sua arte. Infelizmente, MC Pedrinho relata que sofreu humilhações de pessoas próximas por sua opção de carreira.

“O que mais me motivou a continuar foram as pessoas que disseram que eu não ia conseguir. Tinha que provar tanto para mim como para minha família que sou capaz. Sonho em dar uma casa própria para minha mãe fazendo o que eu gosto, que é cantar. Acredito que cheguei longe demais para desistir. Já passei por muita coisa, mas é aquele ditado ‘só se vive o propósito, quem suporta o processo’. Mesmo sem recurso, a força de vontade e a fé nos faz chegar onde nunca imaginamos!”, conta.

No início de sua carreira, MC Pedrinho da CDD não tinha muito apoio. Atualmente, conta com uma equipe que confia em seu sucesso. O talento, esforço e organização do funkeiro foi reconhecido pela ONErpm que tem investido em artistas amazonenses.

“Apesar de tão jovem, o Pedrinho traz uma bagagem interessante. Enxergamos uma capacidade de produção impressionante e um potencial muito grande, sobretudo no aspecto viral da música. Queremos que ele voe cada vez mais alto, para isso estaremos acompanhando seu desenvolvimento dentro do ambiente digital sempre aconselhando e direcionando, afinal a ONErpm é a empresa que melhor entendeu e difundiu o Funk até hoje. Vamos levar este ‘know how’ (conhecimento) para artistas como ele”, revela o gerente da Região Norte e Nordeste, Julian Lepick.

O contrato com a ONErpm vai possibilitar ao funkeiro expandir o alcance de suas composições e ganhar mais projeção e representatividade para o cenário artístico amazonense, especialmente dentro do gênero que MC Pedrinho da CDD representa. O objetivo é que mais pessoas escutem músicas feitas por um jovem cantor local, que teve ousadia de investir no Funk fora do eixo Rio de Janeiro – São Paulo superando barreiras sociais e dificuldades ao longo do caminho.

“A expectativa está a ‘milhão’. Temos muitos trabalhos bons para lançar na pista. Pretendo ampliar mais o meu público e mostrar que vou conseguir botar o Norte no mapa. Esse ano vou ser a revelação da cena manauara. Podem esperar muita coisa boa sobre o Pedrinho da CDD, Deus na frente dos projetos e vamos ‘meter marcha’ que dará certo”, prometeu.

O repertório de músicas do artista é variado e voltado para diversos públicos. Suas composições possuem mensagens fortes que transmitem felicidade, empoderamento e superação.

“Escrevo tanto trap como funk e outros ritmos. A mensagem que pretendo passar nas minhas composições é a de superação, de mostrar que mesmo morando em um estado que nosso gênero musical não é valorizado, podemos sim viver o que sonhamos”, finaliza.

ONErpm

A ONErpm (One Revolution People’s Music) é uma plataforma de distribuição digital de música, que está presente na América Latina, América do Norte, Europa, África e Oceania. A empresa representa grandes artistas como Joelma, Péricles, Nando Reis, Naiara Azevedo, Calcinha Preta, dentre outros, além de fomentar a carreira de artistas independentes.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.