Manaus, 24/09/2022

Polícia

Desaparecidos no Japiim e Lago Azul têm imagens divulgadas pela Polícia Civil

Desaparecidos no Japiim e Lago Azul têm imagens divulgadas pela Polícia Civil
23/09/2022 21h50

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops) e da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), solicita ampla divulgação das imagens de homem e adolescente que desapareceram em locais distintos de Manaus.

As delegadas Catarina Torres e Joyce Coelho, titulares da Deops e Depca, respectivamente, ressaltam que o apoio da sociedade, por meio do compartilhamento das imagens das pessoas desaparecidas nas redes sociais, é imprescindível para o desfecho dos casos.

Desaparecidos

Ruy Gonzaga dos Santos, 31, está desaparecido desde a madrugada de quinta-feira (22/09), por volta das 1h35, quando estava trabalhando como motorista de aplicativo, nas redondezas do bairro Lago Azul, zona norte. Na última vez em que manteve contato com familiares, ele comunicou que estava terminando uma viagem naquela localidade. Desde então, o paradeiro de Ruy Gonzaga é incerto.

Julia da Cruz Nogueira, 14, está desaparecida desde a tarde de quarta-feira (21/09), por volta de 12h, quando foi vista pela última vez na rua Da Paz, bairro Japiim, zona sul.

Colabore com informações

A PC-AM pede a quem saiba a localização dos desaparecidos, que as informações sejam repassadas por meio dos números (92) 3214-2269 e (92) 99486-4027, disque-denúncia da Deops e Depca, respectivamente, bem como pelo 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

A Deops está situada nas dependências do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na avenida Professor Nilton Lins, conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, e a Depca na avenida Via Láctea, conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, ambas na zona centro-sul.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.