Amazonas

“É estarrecedor a falta de planejamento deste Governo”, dispara deputado após SES-AM apontar a falta de oxigênio desde novembro

“É estarrecedor a falta de planejamento deste Governo”, dispara deputado após SES-AM apontar a falta de oxigênio desde novembro
17/01/2021 10h00

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) criticou neste sábado, 16, por meio das redes sociais, a falta de planejamento do Governo do Amazonas para evitar a crise nos estoques de oxigênio nos hospitais e unidades de saúde do Estado. O tom áspero veio após a reportagem do Estadão revelar que a Secretaria de Saúde já sabia, desde novembro de 2020, que a quantidade do insumo seria insuficiente para atender a alta demanda decorrente da pandemia da Covid-19.

De acordo com a matéria, o projeto básico elaborado pela pasta já informava sobre a necessidade de oxigênio desde 23 de novembro, no entanto, a falta de ações do Executivo acabou acarretando no fim do gás, causando a morte de pacientes e instalando um verdadeiro caos na saúde do Estado.

“Enquanto o Amazonas amanhece novamente no caos, me deparo com essa notícia que o governo já sabia desde novembro que iria entrar em colapso. É estarrecedor a falta de planejamento deste Governo, é revoltante! Não é falta de recursos. Peço mais uma vez a prioridade das usinas de oxigênio para o interior”, relatou Wilker.

O parlamentar pediu que o prefeito de Manaus, David Almeida, reforce a Atenção Básica de Saúde e sugeriu o uso de R$ 11.689.958,17 do Fundo Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Fumipeq) para socorrer o comércio e famílias carentes durante a pandemia da Covid-19.

“Prefeito, socorra o pequeno e microcomércio através do Fumipeq, tem onze milhões na conta, não dá para esperar chegar abril para socorrer as famílias carentes. Tem que ser agora, tem muita gente passando fome”, explicou Barreto.

via assessoria