Manaus, 18/05/2022

Amazonas

Em Manaus, estudante da EJA da rede estadual é aprovada no vestibular da UEA

Em Manaus, estudante da EJA da rede estadual é aprovada no vestibular da UEA
23/03/2022 19h30

 

Nem mesmo os obstáculos da pandemia tiraram o sonho que começou a ser trilhado há um ano, quando a jovem Luana dos Reis decidiu retomar os estudos por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Estadual André Vidal de Araújo, na zona norte de Manaus. Hoje, ela é uma das aprovadas no vestibular macro da Universidade Estadual do Amazonas (UEA), onde vai cursar a Tecnologia em Gestão de Turismo.

 

Na terça-feira (22/03), Luana esteve na unidade de ensino para retirar o diploma de conclusão do Ensino Médio. Ela é uma dos 41.289 estudantes alcançados pela Nova EJA, somente em 2021. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, ampliou o acesso à modalidade, atualizando, assim, a proposta pedagógica e respeitando aspectos socioculturais e econômicos da população.

 

Ansiosa para iniciar a graduação, a estudante agradece a dedicação dos professores e o incentivo de sua família. “Quando vi que havia sido aprovada, foi tão impactante que não acreditei, mas depois assimilei a informação e fiquei muito contente. Eu me sinto realizada em ultrapassar as expectativas que eu tinha sobre mim mesma”, destacou a ex-aluna da rede estadual.

 

Para ela, a aprovação veio também como uma forma de melhorar a autoestima. “Agora me sinto mais capacitada do que nunca, agradeço à minha mãe, que me incentivou, e aos professores, que me ajudaram a ter uma boa base de conhecimento”, destacou Luana.

 

Nova EJA – Em 2021, após sete anos, a rede estadual voltou a distribuir material didático para atendimento específico da EJA, o que também tornou a modalidade ainda mais atrativa. Com a implantação da Nova EJA, a rede estadual passou a ofertar a modalidade de ensino em 58 municípios por meio de 190 unidades de ensino. Nova Olinda do Norte, Novo Airão e Urucará integram a lista de cidades que passaram a ofertar o serviço para a comunidade escolar.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.