]

Manaus, 02/12/2021

Amazonas

Ex-prefeito em exercício de Coari, Keitton Pinheiro poderá ter o registro de candidatura cassado até dia 17 de novembro

Ex-prefeito em exercício de Coari, Keitton Pinheiro poderá ter o registro de candidatura cassado até dia 17 de novembro
12/11/2021 22h00

O ex-prefeito de Coari (município distante 363km de manaus), Keitton Pinheiro, pode ter seu registro de candidatura cassado devido à sua prisão em 26 de setembro de 2019, após envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro público da cidade, na época, Keitton exercia a função de presidente da Câmara Municipal de Coari.

Na ocasião, também foram presos o ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro Filho, o empresário, Alexsuel Rodrigues e um sargento da polícia militar.

Keitton Pinheiro, que é primo de Adail Filho, foi acusado pelo Ministério Público por atuar para que o ex-prefeito tivesse aval e fizesse as licitações irregulares.

Segundo os promotores, Adail Filho comandou o desvio de mais de R$ 100 milhões, em dois anos.

De acordo, o Ministério Público, ele morava em Manaus e é dono de vários imóveis na cidade. Um deles é um apartamento num condomínio de padrão.

Conforme as investigações, Adail Filho pagava fornecedores que não recebiam da prefeitura há anos. Em troca, cobrava dos empresários 30% do valor da dívida. Ainda segundo o MP, o prefeito também arrecadava propina fraudando licitações.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.