Manaus, 16/05/2022

Destaques

Falsos motoristas de aplicativo são presos após aplicar golpe de R$ 45 mil em Manaus

Falsos motoristas de aplicativo são presos após aplicar golpe de R$ 45 mil em Manaus
10/05/2022 12h20

Edson César da Silva Ferreira, 44, Wagner Tavares Andrade, 27, Danilo Cardoso Simões, 27, foram presos durante a operação Uber Fake na segunda-feira (9). O trio oferecia serviços de motorista de aplicativo para fazer vítimas em Manaus.

De acordo com o delegado Denis Pinho,que está respondendo interinamente pela Delegacia Especializada de Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), na madrugada do dia 26 de março deste ano, na Alameda Cosme Ferreira, bairro Coroado, zona leste, Édson conduzia um veículo modelo Virtus, de cor branca, quando ofereceu às vítimas um serviço via aplicativo de mobilidade, com destino à Avenida Constantino Nery.

A autoridade policial explicou, ainda, que, de acordo com as vítimas, no caminho, Édson comunicou que iria parar para abastecer e desviou da rota proposta no aplicativo, levando-as até à uma rua esburacada. Nesse momento, elas foram abordadas por Wagner, que estava em uma motocicleta.

O titular falou, também, que Wagner portava uma arma de fogo e, em conjunto com o Édson, ameaçaram as vítimas e roubaram seus pertences pessoais, entre eles aparelhos celulares e cerca de R$ 45 mil em transferências bancárias e empréstimos das vítimas. Daniel foi o responsável pela compra do material roubado.

Edson e Wagner responderão por roubo majorado e Associação criminosa e Danilo por receptação e ficaram à disposição do Poder Judiciário.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.