Manaus, 23/05/2022

Economia

Faturamento do setor de turismo tem alta de 22,9% em janeiro

Passengers gather at Sao Paulo International Airport amid the outbreak of the coronavirus disease (COVID-19) and after Omicron has become the dominant coronavirus variant in the country, in Guarulhos, Brazil January 12, 2022.  REUTERS/Roosevelt Cassio
Passengers gather at Sao Paulo International Airport amid the outbreak of the coronavirus disease (COVID-19) and after Omicron has become the dominant coronavirus variant in the country, in Guarulhos, Brazil January 12, 2022. REUTERS/Roosevelt Cassio
22/03/2022 17h30

O faturamento das empresas nacionais do setor do turismo atingiu R$ 15,3 bilhões em janeiro, 22,9% a mais que o registrado no mesmo mês de 2021. Já em comparação a janeiro de 2020, antes da pandemia de covid-19, o resultado foi 19,2% inferior.

Os dados, divulgados hoje (22), são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

“Embora o setor tenha sido prejudicado pela variante Ômicron, a movimentação de turistas em razão do período tradicional de férias escolares ajudou a impulsionar o resultado do mês, além da base fragilizada de comparação”, diz o texto de nota explicativa da entidade.

De acordo com o levantamento da FecomercioSP, o resultado de janeiro foi influenciado principalmente pela aviação, que cresceu 60,6% no primeiro mês do ano, no contraponto anual. Contudo, o faturamento do setor aéreo foi 13,6% inferior ao patamar pré-pandemia.

O grupo serviços de alojamento e alimentação registrou o segundo maior crescimento em janeiro, alta de 14,7% na comparação anual, mas 19,2% abaixo do nível de faturamento pré-pandêmico. Já as atividades culturais, recreativas e esportivas registraram crescimento anual de 10,4%, mas queda de 21,6% em relação a janeiro de 2020.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.