FÓRUM DAS ÁGUAS ALERTA A IMPORTÂNCIA DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DA AMAZÔNIA

Rio Foto José Luis

Nesta quarta-feira (13), ocorreu na sede do Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental (SARES) a divulgação da programação do Dia Mundial da Água que ocorre no próximo dia 22, e a apresentação da carta de intenção do Fórum das Águas, com o apoio do Projeto Salve o Mindu, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).

O Fórum, um coletivo de entidades, movimentos sociais, lideranças comunitárias e demais interessados na defesa da vida e na preservação da água na Amazônia expôs a carta que identifica a água como um recurso finito, visto as ações inconscientes da sociedade para com o bem hídrico.

Coordenado pela professora do curso de Turismo da UEA, Selma Paula Batista, o projeto Salve o Mindu é resultado de vários projetos de ensino, pesquisa e extensão da universidade, com o intuito de proteger o curso do Igarapé do Mindu e suas nascentes que inicia no bairro Jorge Teixeira e percorre 12 bairros até sua foz, no Parque dos Bilhares sendo este o maior igarapé da área urbana de Manaus.

Segundo a professora, é importante fortalecer o trabalho que está fazendo no Mindu. “Nos unimos às instituições da sociedade civil e públicas para ampliar as ações no âmbito social e ambiental”, disse Selma. No Fórum das Águas participam ativamente os estudantes Emilly Tavares e Antônio Gomes Tomaz, do curso de turismo e geografia, respectivamente,.

“Estamos com um projeto neste semestre, junto à Semulsp (Secretaria Municipal de Limpeza Pública) onde 220 questionários foram aplicados com moradores do entorno do Parque Municipal Nascentes do Mindu, com objetivo de reduzir o descarte incorreto do lixo. Para o segundo semestre, a proposta é implantar o projeto de coleta seletiva” complementou a professora.

“Acredito que este é o papel da Universidade, realizar pesquisa que auxilie a gestão pública”, sintetizou a professora que concluiu convidando os universitários para a Caminhada Universitária pela Água, com concentração no Parque Paulo Jacob, às 15h do dia 22 deste mês.