Cultura Amazônida

Francis Baiardi apresenta oficina on-line em ‘Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’

Francis Baiardi apresenta oficina on-line em ‘Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’

Com o tema ‘’Corpo Criador e Provocador na Dança’’, a educadora e artista amazonense Francis Baiardi prepara uma oficina inclusiva e acessível com início nesta segunda-feira (7), que segue até quarta-feira (9), sempre às 9h (horário local). As inscrições para a atividade podem ser realizadas através do Instagram da Contem Dança Produção Cultural.

Direcionado a todos intérpretes e criadores de arte, o evento é realizado a partir da experiência de Francis Baiardi na dança.

‘‘São atravessamentos através da abordagem somática, da antropologia e da filosofia. É uma discussão através de uma obra, protagonizar os diversos corpos em seus diversos tons’’, explicou a artista independente.

A atividade faz parte do projeto ‘’Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’’, realizado com uma programação totalmente gratuita até 16 de dezembro.

O Que Você Vê – Também nesta segunda-feira, a atriz e bailarina Moira Braga (RJ) performa a apresentação artística ‘’O Que Você Vê?’’, às 19h, transmitida pelo canal do Youtube da Contem Dança.

Uma pergunta, uma provocação, um convite, é assim que a artista define a performance. Moira Braga explora dramaturgias do gesto, o mover sonoro e palavras que constroem movimento.

A artista propõe uma reflexão sobre o sentido da visão e convida o espectador a vivenciar uma experiência estética menos comprometida com a visualidade.

A iniciativa é realizada com apoio do Concurso-Prêmio Manaus Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc, na categoria dança, promovido pela Prefeitura de Manaus e pelo Governo Federal.

Acessibilidade – Todas as apresentações e atividades do ‘’Corpos Plurais: Formação e Informação em Dança’’ terão tradução em libras e audiodescrição, oferecendo para todos os corpos, a oportunidade de participar plenamente dos eventos.

A iniciativa tem direção geral de Francis Baiardi e produção de Rosana Brito Baré. Larissa Dantas e Marcos André realizam a interpretação de libras do projeto, e Mário Célio comanda a audiodescrição.

Confira a programação completa 

7/12, 19h – Apresentação artística – O Que Você Vê? – Moira Braga

7, 8 e 9/12, 9h – Oficina – Corpo Criador e Provocador na Dança – Francis Baiardi

10, 11 e 12/12, 9h, – Oficina – Abordagens Antirracistas na Dança – Luiz de Abreu

10, 11 e 12/12, 16h – Palestra – Modo como a política, a cultura e a sociedade percebem a identidade do Brasil – Luiz de Abreu

14, 15 e 16/12, 9h – Oficina – Dança e Deficiência: experiências além da bipedia compulsória – Edu O

14/12, 18h, – Apresentação artística – Ah, se eu fosse Marilyn! – Edu O

15/12, 16h – Palestra – Formação e protagonismo de artistas com deficiência na dança – Edu O

Com informações da assessoria