]

Manaus, 27/09/2021

Amazonas

FVS-AM prorroga inscrições para o Paic até domingo (06/06)

FVS-AM prorroga inscrições para o Paic até domingo (06/06)
31/05/2021 11h30

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) prorrogou, até este domingo (06/06), as inscrições para o Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic/FVS-AM) 2021/2022. São 14 vagas destinadas a universitários com projetos de pesquisa voltados à área de Vigilância em Saúde dentro do contexto da pandemia de Covid-19. O edital vigente está disponível em: https://bit.ly/3fiFF5H.

As bolsas de iniciação científica são financiadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), que apoia o Paic. O programa tem duração de 12 meses e é coordenado pelo Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP/FVS-AM).

O interessado deve submeter propostas de projetos científicos individuais, em formato PDF, para o Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP), da FVS-AM, por meio do e-mail [email protected], trazendo no campo Assunto a descrição “Edital Paic/FVS-AM/Fapeam, edição 2021-2022: Proposta”, acrescida do título resumido do projeto em letras maiúsculas. O resultado final da seleção será divulgado no dia 11 de junho, no site da FVS-AM.

Iniciação científica

O Paic desenvolvido na FVS-AM é resultado de parceria interinstitucional com a Fapeam e visa apoiar, com bolsas institucionais, estudantes de graduação de instituições públicas e privadas do Amazonas, interessados no desenvolvimento de pesquisa científica em vigilância em saúde.

Referência

A FVS-AM é a primeira fundação pública estadual do país a reunir as vigilâncias epidemiológica, ambiental, sanitária e laboratorial. O órgão funciona, para atendimento ao público, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus. Os contatos são (92) 3182-8550 e 3182-8551

 

Fonte: Agência Amazonas

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.