Manaus, 20/03/2023

Amazonas

Homem suspeito de ser mandante da morte de cantor sertanejo é preso em Manaus

Homem suspeito de ser mandante da morte de cantor sertanejo é preso em Manaus
08/02/2023 13h20

Jânio Pacheco de Sales, conhecido como “Pica Pau”, suspeito de ser mandante do crime que causou o assassinato do cantor sertanejo Igor Moreira, de 29 anos, foi preso, em Manaus, nesta terça-feira (7). A vítima foi atingida com mais de 20 tiros no dia 4 de janeiro, na Zona Norte da capital. Segundo a polícia, o cantor morreu por engano.

A Polícia Civil já havia capturado outros três suspeitos de envolvimento no assassinato. Em depoimento, eles confessaram que receberam a ordem para matar um desafeto de um traficante, mas logo após o crime foram informados de que mataram o homem errado.

“Ele [o mandante] tinha ordenado a execução de um desafeto que é integrante de uma facção rival, o ‘Lorinho’. Mas confundiram a pessoa”, contou o delegado Danniel Anthony.

O delegado afirmou que o traficante ofereceu uma recompensa de R$ 20 mil pela morte do desafeto.

Assassinato

Igor Moreira foi assassinado na noite do dia 4 de janeiro deste ano, quando chegava à casa da sogra, no bairro Colônia Santo Antônio, Zona Norte de Manaus. No momento do crime, o cantor estava acompanhado da noiva e do enteado.

De acordo com o depoimento da noiva à polícia, o cantor foi abordado por suspeitos que estavam em um carro branco. A mulher relatou que o atirador seguiu o sertanejo até a casa exigindo uma bolsa e uma arma

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.