Manaus, 31/05/2023

Cidade

IMMU interdita trecho para construção de complexo viário que dará acesso à Avenida das Torres em Manaus

IMMU interdita trecho para construção de complexo viário que dará acesso à Avenida das Torres em Manaus
08/05/2023 09h20

O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) vai interditar um trecho da Avenida Barão do Rio Negro, na Zona Norte de Manaus, para a construção do complexo viário que dará acesso à Avenida Governador José Lindoso, conhecida Avenida das Torres, e à Avenida Barão do Rio Branco.

A Avenida Barão do Rio Negro é a pista secundária da Avenida das Torres, aquela via que corre ao lado da pista principal. De acordo com o IMMU, a interdição no local será no sentido Cidade Nova/Coroado.

Os desvios serão feitos a partir das 8h desta segunda-feira (8). No local, agentes de trânsito vão monitorar a via e orientar os motoristas. A primeira etapa da obra deve durar 30 dias.

Já a Barão do Rio Branco é via que forma um cruzamento com a Avenida das Torres. É aquela avenida que dá acesso ao bairro Parque Dez.

O diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique informou que a obra deve beneficiar principalmente os motoristas que circulam na Zona Norte de Manaus. “Com a construção do complexo viário aqui nesse cruzamento, o trânsito vai melhorar muito”, disse

Desvios

O primeiro trecho a ser interditado pelo IMMU será a alça do lado direito do sentido bairro/Centro da Avenida Barão do Rio Negro no cruzamento com a Avenida Barão do Rio Branco.

Os desvios serão para todos os veículos. O motorista que circula na Avenida Barão do Rio Branco (via secundária da Avenida das Torres), e deseja acessar o sentido Centro pela Avenida Barão do Rio Branco, deverá acessar a Rua Barão de Suruí. Depois, pegar a esquerda na Rua Visconde de Jequitinhonha e acessar a Rua Barão do Rio Branco.

Os agentes do IMMU e fiscais de transportes vão montar barreiras com cones e material de interdição viária e ficarão em pontos estratégicos para orientar os motoristas.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.