]

Manaus, 18/01/2022

Cidade

Instituições parceiras da UGPE reafirmam compromisso com a implantação do novo Prosamin+

Instituições parceiras da UGPE reafirmam compromisso com a implantação do novo Prosamin+
17/12/2021 09h00

As instituições parceiras do Governo do Amazonas no Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+) reafirmaram o compromisso com a nova etapa do projeto, que inicia em 2022. O compromisso foi firmado simbolicamente nesta quarta-feira (15/12), durante o Encontro Anual de Parceiros, que é promovido sempre ao final do ano pela Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), para apresentação dos projetos realizados e os que estão em execução. O evento foi realizado no auditório do órgão.

Durante o encontro, o coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, apresentou aos participantes o novo Prosamin+, que acaba de ter o financiamento de US$ 80 milhões aprovado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Ele falou da importância do apoio dos cerca de 200 parceiros de sustentabilidade do programa.

“Esse encontro é de agradecimento pelo apoio institucional que recebemos de parceiros das mais diversas áreas. Temos parceria na esfera governamental, estadual e municipal, na iniciativa privada e na sociedade civil organizada. Temos um elo forte em torno desse programa que é tão fundamental para a cidade de Manaus e que, a partir do Prosamin+, vai estar mais presente no interior, seguindo determinação do governador Wilson Lima”, afirmou Marcellus Campêlo.

Como ato simbólico, os representantes de cada instituição parceira assinaram uma placa escrita “Agora eu sou Prosamin+”. Eles também receberam dos coordenadores da UGPE o certificado de participação no projeto em 2021.

Estavam representados no evento a Defensoria Pública do Estado do Amazonas; a Secretaria Municipal de Proteção e Defesa Civil (SEPDEC); a Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc); a Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas); o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam); o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN); a Secretaria do Estado de Cultura e Economia Criativa; a Empresa Damata Consultoria; a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama); a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf); o Comitê de Representantes da Bacia de São Raimundo (CRC-BSR); a Associação das Donas de Casa (ADCEA); a empresa Eyes NWhere; a Eco Cooperativa de Materiais Recicláveis; a Recicla Manaus; e a concessionária Águas de Manaus.

Membro do Comitê de Representantes da Bacia de São Raimundo, a professora Elaine Belota falou em nome da comunidade, destacando a importância do programa.

“Eu vi a transformação do bairro do São Raimundo, com a chegada do Prosamin+. Aqui, eu parabenizo o Marcellus e a equipe da UGPE que, incansavelmente, estão sempre atentos a atender o usuário cidadão, porque nós, que passamos pela gestão pública, e eu me incluo num lado e no outro, nós também somos usuários dos serviços públicos. Portanto, a participação no controle social é o que fará mudar esse país”, disse Elaine.

Inovações – A secretária de Estado de Assistência Social, Alessandra Campêlo, ressaltou as inovações no novo programa de governo na questão da diversidade de gênero e proteção às minorias. Principalmente, disse ela, em relação à proteção às mulheres chefe de família.

“Quero agradecer em nome das mulheres esse reconhecimento do Prosamin+, pois sabemos que nas comunidades muitas mulheres são chefes de família, são responsáveis pelo sustento dos filhos”.

O programa tem como uma de suas metas estabelecer e ampliar um ambiente de inclusão, promovendo a diversidade de gênero e a atenção especial aos grupos vulneráveis. Dentre as ações programadas está a garantia de que no mínimo 50% da composição dos grupos comunitários nas áreas do programa serão compostos de mulheres; 50% das vagas de certificação para alguma atividade comercial e também dos espaços comerciais destinados nos parques residenciais serão para pessoas do sexo feminino, assim como 50% das vagas de capacitação para a mão de obra que vai atuar nas obras do programa.

Com investimento de aproximadamente R$ 542 milhões, o Prosamin+ vai executar obras de infraestrutura, saneamento básico, urbanismo, habitação e recuperação ambiental nos bairros do Japiim, Coroado, Distrito Industrial e Armando Mendes. Estima-se que mais 60 mil pessoas serão diretamente beneficiadas na nova fase, nas zonas sul e leste, seja com habitação segura ou com a coleta e tratamento de esgoto e água tratada, construção de parques, de novas vias, drenagem, reflorestamento e recuperação dos canais de igarapés.

Sobre a UGPE – A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) é um órgão do Governo do Amazonas. Tem por missão planejar e executar políticas públicas voltadas à promoção de melhorias nas áreas de saneamento básico, urbanismo e socioambiental.

A UGPE executa os projetos de implantação do Prosamin+. Com as obras do Programa, o objetivo é contribuir, de forma sustentável, para a melhoria dos problemas socioambientais e urbanísticos da população residente nas áreas de abrangência.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.