Manaus, 18/05/2022

Esportes

Integrantes da Seleção Amazonense de Vôlei, estudantes da rede estadual conquistam medalhas em campeonato brasileiro

Integrantes da Seleção Amazonense de Vôlei, estudantes da rede estadual conquistam medalhas em campeonato brasileiro
29/03/2022 12h30

O trio de estudantes Marcello Augusto, Filipe Galan e Abraão Teixeira, do Colégio Brasileiro Pedro Silvestre, foram ao Rio de Janeiro e conquistaram o primeiro lugar no Campeonato Brasileiro de Seleções, realizado neste mês, em Saquarema. O título é da categoria Sub-18 da Seleção Amazonense de Vôlei, da qual os estudantes são integrantes.

Vencer competições de vôlei é tradição da escola, que passa o projeto de geração em geração, há mais de 10 anos.

A seleção competiu com atletas de todo o Brasil e conquistou a medalha de ouro entre as equipes. A secretária estadual de Educação e Desporto, Kuka Chaves, frisa que o incentivo ao esporte é fundamental para a educação integral dos jovens.

“Ficamos muito felizes com esses resultados, em ter atletas que se dedicam e conquistam o que sonham. O governador Wilson Lima é um grande incentivador do esporte no Amazonas, e sabemos que a escola é a base para essas futuras gerações de atletas profissionais que estão por vir”, destaca a secretária.

Campeões

Marcello Augusto, capitão do time, comenta como se sente feliz em poder ter conquistado de forma ímpar esse título para o Amazonas. Como capitão, ele ressalta o peso da responsabilidade em ter que trabalhar diretamente com os horários e ser um dos incentivadores dos treinos.

“É uma satisfação bem grande, até porque é meu primeiro título no brasileiro, ainda mais sendo capitão”, ressalta.

Filipe Galan contou que teve dificuldades em comparecer aos treinos, pois às vezes não tinha o dinheiro para o deslocamento. “Eu esperava o título, porque todo mundo se dedicou bastante e sempre quem se esforça, vence”, diz o estudante.

Já para Abraão Teixeira, a maior conquista foi poder ter o apoio da família. “Foi inesperado, no começo eu não tive apoio da minha família, mas depois de um tempo meus pais começaram a me apoiar. E quando eu ganhei o título, meus pais vibraram e viram como isso era importante para mim”, conta o medalhista.

Preparação

O Colégio Brasileiro é filiado à Federação Amazonense de Vôlei (FAV), e com isso há apoio na preparação dos alunos para as competições estaduais e nacionais. Para ingressar na escolinha de treinos, sediada na própria unidade de ensino, os alunos de ambos os sexos precisam ter 11 a 19 anos,. Atualmente, são 59 inscritos no time masculino, e 39 no feminino.

Os treinos acontecem todos os dias, divididos por times. O treinador Walhederson Barbosa, foi um dos maiores incentivadores dos estudantes. Durante a pandemia, ele orientava os exercícios e os alunos reproduziam os treinos em casa. Após o resultado, ele diz que o trabalho valeu a pena.

“O sentimento é de missão cumprida, e agora é se preparar para os demais alunos que vem por aí”, observa.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.