]

Manaus, 25/10/2021

Cidade

Ivo Neto lamenta o caso da criança autista agredida por fisioterapeuta em Manaus e apela para sensibilização

Ivo Neto lamenta o caso da criança autista agredida por fisioterapeuta em Manaus e apela para sensibilização
07/10/2021 20h10

 

Em pronunciamento no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta terça-feira (6), o vereador Ivo Neto (Patriota) lamentou o caso do menino autista de 8 anos que foi agredido pela terapeuta que deveria cuidar dele. As agressões foram confirmadas em imagens da clínica particular e o caso foi registrado no 22◦ Distrito Integrado de Polícia, em Manaus.
“É uma atitude que nos deixa tristes e revoltados. Imagine os pais que mandam a criança para terapia, a fim de ter uma melhora no quadro de saúde, e a criança sofre maus-tratos? Além de causar transtornos psicológicos à criança, mexe com toda a família. Que possamos lutar nesta Casa para que cenas como estas não aconteçam”, ressaltou Ivo Neto.
O vereador fez ainda um apelo para sensibilização da sociedade em prol da causa. “Ato desumano e de falta de amor ao próximo. Aqui temos vários vereadores que defendem a bandeira do autismo, que possamos lutar em defesa desses seres humanos especiais que tanto amamos”, finalizou ele.
Saiba mais sobre o caso
A Fisioterapeuta Samia Patricia Riatto Watanabe, de 44 anos, foi indiciada por maus-tratos pela Polícia Civil após agredir uma criança autista, de 8 anos, dentro de uma clínica particular em Manaus.
As imagens das agressões foram registradas por câmeras da clínica. Nelas, a terapeuta desfere tapas na cabeça e chega a pegar no braço do menino com força. “Ela não realizava nenhum tipo de intervenção terapêutica com ele. Meu filho ficava ‘preso’ em uma mesa o tempo inteiro”, lamenta a mãe.
Em depoimento, a fisioterapeuta negou as acusações.
A família denunciou o caso à polícia no dia 17 de julho. “O que mais esperávamos já está acontecendo. Ela foi desligada das clínicas que trabalhava. A maior angústia era imaginar crianças passando pelo o que meu filho passou”, explicou a mãe.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.