]

Manaus, 27/09/2021

Política

Joana Darc solicita a inclusão de lactantes na vacinação contra COVID-19

Joana Darc solicita a inclusão de lactantes na vacinação contra COVID-19
01/06/2021 10h40

A deputada estadual Joana Darc solicitou à Prefeitura de Manaus e ao Governo do Estado a vacinação imediata contra a Covid-19 de mães que amamentam, as lactantes, através de ofício e ação judicial. A vacinação desse grupo se justifica como forma de proteção às mães e aos bebês por meio da imunização cruzada: numa estratégia “dois em um”. Os ofícios Nº 88 e Nº 89/2021, de 24 de maio, solicitam ainda a vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidades, que estava suspensa desde o último dia 12. No entanto, com o retorno da imunização desse grupo, a deputada fortalece a solicitação para vacinação das lactantes.

O movimento Lactantes pela Vacina se justifica pela alta taxa de mortalidade na primeira infância. Apesar de evidências apontarem que a morte de crianças por Covid-19 é rara. No Brasil, 1.300 bebês morreram em decorrência de complicações causadas pelo vírus.

A deputada Joana Darc representa a campanha promovida por mulheres que amamentam e que, nas últimas semanas, têm compartilhado fotos nutrindo seus bebês em um “mamaço virtual” para endossar a reivindicação.

Joana Darc, que é mãe do pequeno Joaquim de apenas dois meses, faz parte do grupo das lactantes e sabe bem a importância da imunização das mães. “É muito importante que essas mulheres sejam olhadas com atenção. Por elas e por seus filhos.

Muitas já retornaram ao trabalho e têm medo de trazer alguma doença para as crianças, que na maioria das vezes ainda não usam máscaras.

A vacinação das mães que amamentam também vai dar mais segurança para que essas mães possam ir a uma consulta pediátrica. “Bebês não falam, não dizem se estão com falta de ar. A Covid pode ser ainda mais cruel a eles.”, ressalta a deputada.

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda a vacinação contra a Covid-19 para as lactantes e parte do princípio de que ao amamentar o bebê, a mãe passaria os anticorpos desenvolvidos após a vacina para o filho, via leite materno. Assim, pelo preço de uma dose, vacina-se duas pessoas —potenciais vetores da doença, ainda que crianças.

Outro grupo para o qual a deputada Joana Darc solicita vacinação prioritária é o das mães e cuidadores de Pessoas com Deficiência. A solicitação foi feita aos poderes executivos municipais e estadual, por meio dos ofícios Nº164 e 165/2021, que pede a imunização de tutores e curadores de PCDs além de mulheres chefes de famílias monoparentais.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.