Manaus, 02/02/2023

Política

Lula se reúne com Maduro nesta segunda durante viagem à Argentina

Lula, Raul Castro e Nicolas Maduro em imagem de 2016 — Foto: Carlos Barria/Reuters
Lula, Raul Castro e Nicolas Maduro em imagem de 2016 — Foto: Carlos Barria/Reuters
23/01/2023 11h20

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai se reunir nesta segunda-feira (23) com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

A reunião acontece em Buenos Aires, na Argentina, como parte da primeira viagem internacional de Lula após tomar posse no cargo.

Na última semana, a possibilidade de uma reunião entre Lula e Maduro já tinha sido adiantada pelo g1 e pela GloboNews. Fontes do governo citavam uma possibilidade de seis reuniões bilaterais – incluindo também o presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel.

Lula e Maduro estão na Argentina para a reunião de cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac), marcada para esta terça (24). O Brasil voltou a participar da Celac com a troca de governo.

O encontro está previsto para acontecer no fim da tarde. O governo ainda não informou se haverá a assinatura de algum ato ou memorando, e se haverá pronunciamento após a reunião.

Agenda de segunda

Pela manhã, Lula se reúne com o presidente argentino, Alberto Fernández. Antes da reunião na Casa Rosada, Lula participa de uma oferenda de flores na Plaza San Martín.

À tarde, a agenda presidencial prevê encontro com empresários. À noite, o presidente deve ir a um concerto musical com artistas argentinos e brasileiros no Centro Cultural Kirchner.

Lula chegou no domingo (22) na Argentina, na primeira viagem internacional desde que assumiu o novo mandato. Em uma rede social, ele afirmou: “Vamos retomar laços. O Brasil está voltando ao cenário internacional e atuará pelo fortalecimento do Mercosul”.

Segundo o Planalto, a comitiva presidencial é formada por seis ministros:

  • Mauro Vieira (Relações Exteriores);
  • Fernando Haddad (Fazenda);
  • Nísia Trindade (Saúde);
  • Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência);
  • Luciana Santos (Ciência e Tecnologia); e
  • Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação Social).

Na terça-feira (24), Lula participação da 7ª Cúpula de Chefas e Chefes de Estado da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac).

Há a expectativa de encontros bilaterais com os países que solicitaram, mas essas agendas ainda não foram divulgadas.

Segundo o secretário das Américas, embaixador Michel Arslanian Neto, a escolha de um país da América do Sul para a primeira viagem internacional de Lula busca passar a mensagem de que o Brasil quer retomar os laços com a região.

Ainda segundo o Planalto, diversos temas serão tratados durante a visita, como integração energética, investimentos, meio ambiente, defesa e combate a ilícitos.

Alckmin

Antes do embarque à Argentina, o presidente Lula transmitiu a função de chefe do Executivo ao vice-presidente, Geraldo Alckmin.

É a primeira vez que Alckmin vai assumir as funções de presidente da República. Ele fica inteirinamente na função até Lula retornar do Uruguai.

Em uma rede social, Alckmin disse que “com orgulho e lealdade, assumo o governo, procurando honrar os compromissos de Lula com todos os brasileiros”.

Outras viagens

Na próxima quarta-feira (25), Lula segue em viagem oficial para o Uruguai, onde se encontra com o chefe do Executivo no país, Luis Alberto Lacalle Pou.

Em fevereiro, Lula deve ir para os Estados Unidos. Em março, o presidente deve viajar para a China.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.