Manaus, 21/05/2022

Polícia

Membro de facção criminosa que atirou e matou estudante é preso

Thiago Marinho Marques, 36 anos. Foto: Polícia Civil.
Thiago Marinho Marques, 36 anos. Foto: Polícia Civil.
06/04/2022 09h41

Na ocasião do crime, vítima teria ido a uma loja de confecção de roupas para receber jaleco que havia encomendado

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes da Delegacia Especializada Em Homicídios e Sequestros (DEHS), prendeu, na quarta-feira (6), na manhã desta quarta – feira (6), Thiago Marinho Marques, de 36 anos, pela prática de homicídio contra Kellen Mota Fraga, que tinha 25 anos. O crime ocorreu no dia 3 de dezembro de 2021, na comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Cidade Nova, zona norte.

Durante coletiva de imprensa, realizada na sede da unidade especializada, na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, zona leste, o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, ressaltou a seriedade das equipes em efetuar a prisão de Thiago.

“É uma honra apresentar mais um trabalho bem sucedido. Esse é um caso de grande repercussão, que está sendo esclarecido. Enfatizo que estamos sempre atuantes, para preservar o bem-estar da população”, disse o delegado.

O delegado Danniel Antony, adjunto da Especializada, disse que Kellen era estudante de Odontologia e que, na ocasião do crime, na companhia de um grupo de estudantes, ela teria ido até a localidade para buscar, em uma loja de confecção de roupas, um jaleco que haviam encomendado.

“O Sistema de Posicionamento Global (GPS) do veículo em que elas estavam as conduziu para uma rua sem saída, naquele bairro. Aquela área é, supostamente, comandada pelo crime organizado. Ao chegarem ao local, Thiago ordenou que as pessoas abaixassem o vidro do carro, no entanto, elas não ouviram, momento em que o autor efetuou disparos de arma de fogo, que atingiram Kellen”, explicou a autoridade policial.

Prisão – O indivíduo foi preso em cumprimento de mandado de prisão temporária, na rua das Oliveiras, comunidade Nossa Senhora Fátima, bairro Novo Aleixo, zona norte.

Procedimentos – Thiago irá responder por homicídio e ficará à disposição do Poder Judiciário.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.