Manaus, 19/08/2022

Geral

MRV&CO, que atua no AM, anuncia construção de fábrica nos Estados Unidos

MRV&CO, que atua no AM, anuncia construção de fábrica nos Estados Unidos
11/07/2022 16h30

Com investimento estimado em US$ 32 milhões, a Resia – empresa americana do grupo MRV&CO, que tem forte atuação no Amazonas – inicia nos próximos meses a construção de uma fábrica de componentes pré-moldados, em Panamá City, no norte da Flórida. A estrutura de 20 mil metros quadrados será erguida em uma área de 5 hectares e deve iniciar as operações em 2024.

Banheiros, cozinhas, closets e até mesmo paredes serão confeccionadas na futura fábrica. Todos esses itens já chegarão aos canteiros de obras concluídos, com instalações elétricas, hidráulicas, itens de marcenaria, e os acabamentos. O objetivo é tornar a produção ainda mais célere e driblar um problema que atinge em cheio a construção civil americana: a escassez de mão de obra, o que encarece significativamente os custos dos empreendimentos por lá.

A expectativa com a fábrica é que sejam produzidas de 18 mil a 20 mil composições por ano. Para tanto a empresa investirá na sua automação, englobando um amplo sistema de tecnologias avançadas, como inteligência artificial, robótica, metodologia tridimensional (BIM) e outros elementos da Industria 4.0 – algo inovador em um segmento tão marcado por processos muito artesanais.

“A construção modular é algo que está presente em todos os empreendimentos da Resia. Essa metodologia permite à empresa construir condomínios de apartamentos bem mais rápido do que de costume”, destaca Ernesto Lopes, presidente e CEO da Resia.

Atualmente, a empresa depende de fornecedores externos para produzir esses módulos – também chamados de POD´s (por conta da disposição com que essas estruturas se encaixam e são protegidas, como cápsulas). “Ao tomar para si essa responsabilidade, teremos ganhos em termos de custos, competitividade e, sobretudo, a possibilidade de ampliar nossa produção a patamares que acompanhem o processo de expansão da marca”, explica

Em paralelo, a empresa também busca parcerias com universidades locais, a fim de aprofundar estudos técnicos e captar mão-de-obra qualificada. “Há cerca de um ano, criamos um departamento exclusivo de inovação, dedicado justamente ao aprimoramento da nossa linha de construção. Queremos agora fortalecer ainda mais esse trabalho e alcançar um modelo altamente eficiente e sustentável para todas as etapas dos processos. O suporte das instituições de – que atua exclusivamente no mercado de locação de imóveis – contabiliza atualmente mais de 5.000 unidades em desenvolvimento em áreas metropolitanas de rápido crescimento na Flórida, Texas, Geórgia – e tem planos para Colorado, D.C. e Arizona. A meta é entregar 8 mil novas unidades de apartamentos anualmente até 2025.ensino com certeza será fundamental para alcançarmos esse objetivo” afirmam Osvaldo Marchante CAO, e a diretora de Inovacao e desenvolvimento de produtos, Selma Rabelo, principais responsável pelo projeto.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.