Destaques

 MULHER DE RESGUARDO É ESPANCADA POR AGRESSOR BÊBADO

 MULHER DE RESGUARDO É ESPANCADA POR AGRESSOR BÊBADO
09/11/2020 15h05

Manaus-AM| Uma mulher de 33 anos, com duas semanas que deu a luz, foi brutalmente espancada pelo companheiro identificado como Fábio Vinhote de 32 anos. O fato aconteceu durante a noite deste domingo (08), quando ele chegou embriagado e supostamente drogado em casa, no bairro Novo Aleixo na Zona Norte.

A mulher bastante debilitada com as complicações da cesária após as agressões, foi registar um Boletim de ocorrência na Delegacia Especializada em Crimes Contra à Mulher (DECCM), da zona Norte. La ela foi ouvida e logo na sequência encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML), para exames de corpo de delito.

O depoimento chocante da vítima, retrata os momentos de terror que passou durante os últimos meses na mão do seu agressor.  As agressões acontecem com frequência, durante a noite de ontem o homem chegou alcoolizado e supostamente drogado em casa, deu 2 tapas e apertou com forças os braços. Na sequência com uma chave de Moto arranhou todo o seu corpo. A mulher estava sentido muitas dores na cirurgia, após as agressões, ela acredita que houve o rompimento da cesária.

A mulher contou ainda que só conseguiu se livrar das agressões com a ajuda de sua filha mais velha, que quando tentou ajudar a mãe acabou levando um soco no estômago.

O homem após agredir a companheira e a filha que tentou livrar das agressões, gritou em voz alta para a mulher jogar a criança no lixo, pois ele não queria saber da criança. Ele fugiu do local desde então. “Como que eu vou jogar minha filha no lixo, esse homem é um monstro, nunca mais quero ele perto da minha família” contou ela.

A vítima relatou que está sofrendo ameaças de morte por parte do indivíduo, quaso ela realizasse a denúncia contra ele. “Se eu aparecer morta, todo mundo vai saber que foi ele”, afirmou ela.
Com o resultado dos exames de corpo de delito, a Polícia Civil vai ceder uma medida Protetiva, para manter o agressor longe da vítima.