Manaus, 29/01/2023

Geral

Novo Guia de Dinossauros do Brasil inclui 54 descobertas

Novo Guia de Dinossauros do Brasil inclui 54 descobertas
12/12/2022 12h30

O paleontólogo e professor do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (USP), Luiz Anelli, costuma repetir uma pergunta em suas palestras: “Quem aqui sabia que o dinossauro mais antigo do mundo viveu aqui no Brasil?”

Com esse questionamento que atiça a curiosidade de crianças e adultos, ele começa a puxar o fio de uma história, ou melhor, de uma pré-história de 250 milhões de anos.

Todo mundo sabe que foi um asteroide que extinguiu os dinossauros, o que poucos sabem é que foi um asteroide também, que deu início a era desses super animais e que tudo começou no lugar em que hoje chamamos de Mato Grosso, com 40 quilômetros de diâmetros.

Essas são algumas descobertas que os leitores do Novo Guia Completo dos Dinossauros do Brasil vão ter acesso. O livro apresenta os 54 dinossauros já encontrados no país.

As ilustrações do paleontólogo Júlio Lacerda ajudam na visualização dos animais. E além do nome de cada dinossauro, os leitores também podem descobrir a idade, o local em que o fóssil foi encontrado e o estado de preservação de cada um. Como o Staurikosaurus pricei, o mais antigo do mundo, que viveu há cerca de 233 milhões de anos e foi descoberto no Rio Grande do Sul.

Outra descoberta instigante é que os dinossauros continuam entre nós, representados pelas suas descendentes diretas, as aves. Animais que Luiz Anelli admira muito. “Ave tem um sistema respiratório que é absurdo perto de nós. Hoje existem 5 mil espécies de mamíferos e 11 mil espécies de aves, 400 bilhões de aves. Nós ainda vivemos na era dos dinossauros”, explicou.

O novo guia dos dinossauros do Brasil foi publicado pela Edusp e foi pensado como material de apoio para professores do ensino fundamental, médio e ensino superior, além de ser fonte de estudos para pesquisadores e outros curiosos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.