Manaus, 06/07/2022

Polícia

Operação Hórus: Dupla é presa pelo crime de tráfico de drogas no bairro Praça 14

Operação Hórus: Dupla é presa pelo crime de tráfico de drogas no bairro Praça 14
19/05/2022 09h28

Durante a operação Hórus, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Companhia de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (18), em Manaus, uma ação que resultou na prisão de dois homens e cerca de 440 mil reais em prejuízo ao crime.

Durante a operação, realizada no bairro Praça 14, na zona Centro-Sul da capital, foram apreendidos sete tabletes de maconha, mais de  R$ 32 mil em espécie, dois carros e cinco aparelhos celulares. Os infratores já possuíam passagem por tráfico de drogas e roubo.

Conforme relatório policial, as diligências iniciaram após a equipe policial receber uma denúncia anônima. Os indivíduos foram conduzidos ao Departamento de Investigação sobre Narcóticos (DENARC), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), para a realização dos procedimentos cabíveis.

Programa Vigia e Operação Hórus

Dentro das prioridades de combate ao crime organizado, crimes violentos e corrupção, o Ministério da Justiça e Segurança Pública fortaleceu a atuação integrada com outros órgãos de segurança pública para impedir a entrada de drogas, cigarros, armas e munições pelas fronteiras do país. Coordenado pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), o trabalho tem dado resultados expressivos.

A ação conta com o efetivo de todo o sistema de Segurança Pública do Amazonas e atua nas divisas, fronteiras e rodovias estaduais. Além de atuar diretamente na Base Arpão, localizada no município de Coari, e na cidade Tabatinga, que faz fronteira entre o Brasil, Colômbia e Peru, reprimindo a rota do tráfico.

Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.