Manaus, 15/05/2021

Mundo

Oscar 2021: onde assistir, a que horas começa e as mudanças na premiação

Oscar 2021: onde assistir, a que horas começa e as mudanças na premiação
25/04/2021 16h00

A cerimônia do Oscar acontece neste domingo (25), às 21h (horário de Brasília), após várias mudanças no formato por causa da pandemia da covid-19.

A primeira delas, a data tardia, já que tradicionalmente a premiação acontece entre fevereiro e março. Neste ano, o Oscar também terá três cidades como sedes: Los Angeles, Paris e Londres.

Como a entrega das estatuetas será presencial, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas optou por ampliar os locais para que os indicados de outros países não tivessem que viajar até os Estados Unidos.

Já em Los Angeles, a festa ficará dividida entre o já tradicional Dolby Theater e a estação de trem Union Station, com mais espaço ao ar livre para os convidados.

A lista de convidados, inclusive, ficou bem restrita e limitada aos indicados e seus acompanhantes. Até figurões como o CEO da Disney, Bob Iger, tiveram de ser cortados.

Onde assistir?

O Oscar será transmitido no Brasil pelo canal TNT a partir das 21h com apresentação e comentários de Aline Diniz e Michel Arouca.

Antes, às 20h, o canal exibirá um “esquenta” com Tiago Abravanel e Carol Ribeiro, que também será transmitido no YouTube.

Mais tarde, depois do “Big Brother Brasil”, a Globo também exibe a premiação com apresentação e comentários de Maria Beltrão, Artur Xexéo e Dira Paes.

Que horas?

A partir das 20h nos canais TNT, TNT Séries e TNT Go; partir das 23h35 na Globo.

O que esperar?

A 93ª edição do Oscar é a primeira afetada pela pandemia, já que no ano passado a cerimônia aconteceu em 9 de fevereiro.

Entre as principais mudanças, a Academia teve de ceder de vez aos serviços de streaming, já que com os cinemas fechados durante quase todo o ano seria impossível manter a regra de considerar apenas filmes exibidos nas salas de Los Angeles.

Um dos resultados diretos disso é que “Mank”, filme da Netflix, lidera a disputa com 10 indicações.

Time de estrelas

Outra mudança marcante é que o evento não terá um apresentador, e sim vários. Entre os confirmados para conduzir a cerimônia e entregar as estatuetas estão Halle Berry, Bryan Cranston, Viola Davis, Laura Dern, Harrison Ford, Joaquin Phoenix, Brad Pitt, Reese Witherspoon, Renée Zellweger e Zendaya.

Os famosos não serão obrigados a usar a máscara no momento da apresentação, mas deverão se proteger com elas nos bastidores. Haverá também um tapete vermelho bem enxuto. Prepare-se para looks com o acessório mais indispensável da temporada.

Apostas

Na categoria principal, de melhor filme, “Nomadland”, de Chloé Zhao, corre como favorito entre as principais apostas de sites e especialistas. A diretora, aliás, pode fazer história caso ganhe a disputa de melhor diretor. Ela seria a primeira chinesa e apenas a segunda mulher a vencer a categoria.

Outra forte aposta é a premiação póstuma para Chadwick Boseman, o eterno Pantera Negra, por sua atuação no filme “A Voz Suprema do Blues”. O ator, que morreu no ano passado aos 43 anos, concorre com Riz Ahmed (“O Som do Silêncio”), Anthony Hopkins (“Meu Pai”), Gary Oldman (“Mank”) e Steven Yeun (“Minari”).

Veja aqui a lista completa de indicados.