Manaus, 11/08/2022

Amazonas

Paciente do AM com sintomas de varíola dos macacos apresenta melhora, diz FVS

Paciente do AM com sintomas de varíola dos macacos apresenta melhora, diz FVS
06/07/2022 11h20

O paciente que apresenta sintomas ‘sugestivos’ de Monkeypox, mais conhecida como varíola dos macacos, apresenta melhoras, de acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM). O órgão disse que as lesões no corpo do homem já estão em processo de cicatrização.

O paciente é jovem e sem comorbidades e o diagnóstico clínico compatível com a doença foi feito pela Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD). No entanto, ainda não há resultado conclusivo para a doença e o caso segue em investigação. A previsão de liberação de resultado de diagnóstico é de até 15 dias.

De acordo com a FVS-AM, o paciente apresenta melhora clínica com regressão de sintomas e as lesões estão em processo de cicatrização. O órgão também disse que as pessoas que tiveram contato com o suspeito não apresentaram lesões da doença. No fim de semana, a Secretaria de saúde do estado (SES-AM) disse que ia monitorar familiares e amigos do homem.

Além desse caso, o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEVS) de Manaus, da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa), investiga dois novos casos Suspeitos da Doença, para identificar se atendem como casos suspeitos a partir de critérios preconizados pelo Ministério da Saúde.

De acordo com a SES, as duas pacientes são mulheres, de 26 e 31 anos, sem relação uma com a outra e apresentaram sintomas semelhantes, como dor no corpo, febre, fotossensibilidade, dor de garganta e pústulas. Ambas estão bem e em isolamento. Detalhes da investigação ainda não estão disponíveis.

Segundo a FVS, caso a investigação do CIEVS Manaus aponte que os dois casos atendem à definição de casos suspeitos de monkeypox, do ponto de vista epidemiológico, será dado andamento à notificação.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.