Manaus, 29/01/2023

Amazonas

Parintins recebe primeiro navio da temporada de cruzeiros

Parintins recebe primeiro navio da temporada de cruzeiros
30/11/2022 11h00

A temporada de cruzeiros começou em Parintins com a chegada do navio Insígnia, da empresa marítima Oceania Cruises, nesta terça-feira (29). A chegada do navio também marca a retomada desta modalidade de turismo que ficou suspensa devido à pandemia.

Com pouco mais de 600 passageiros e 400 tripulantes a bordo, o navio traz em sua maioria, turistas dos Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha.
A Prefeitura de Parintins, junto aos órgãos envolvidos, montou uma estrutura para recepcionar os turistas na cidade. Para o embarque e desembarque foi instalada provisoriamente uma balsa na rampa do Mercado Municipal.

Os turistas que desembarcaram no município foram recepcionados com city tour com os tricicleiros e uma feira onde são comercializados diversos artigos do artesanato parintinense. Durante a estadia, os turistas ainda poderão prestigiar o espetáculo preparado pelo Boi Caprichoso, no primeiro Show para Turistas, no Parintins Convention Center.

No decorrer da temporada, um total de 17 escalas de navios estão previstas para o município, com as próximas escalas para esta quarta-feira, 30 de novembro e 01 de dezembro.
A secretária de Cultura e Turismo, Karla Viana, relaciona a vinda dos turistas com o fomento da economia local. “Com certeza a retomada da temporada de cruzeiros irá movimentar a economia do município, na questão do comércio de artesanato, nos serviços do trade turístico, bares e restaurantes. Os turistas farão visitas nos atrativos turísticos e isso é super bem vindo no sentido que vai proporcionar para que mais pessoas conheçam Parintins, o festival folclórico assim como os atrativos culturais e naturais a cidade”, pontuou.

A temporada segue até do dia 15 de maio de 2023. Há uma estimativa de que Parintins receba aproximadamente 15 mil turistas.

 

 

Fotos: Eder Repolho

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.