]

Manaus, 17/09/2021

Polícia

PC-AM solicita colaboração na divulgação da imagem de trio procurado por furto cometido com dispositivo ‘chapolin’

PC-AM solicita colaboração na divulgação da imagem de trio procurado por furto cometido com dispositivo ‘chapolin’
09/09/2021 14h10

 

A Polícia Civil do Amazonas, por meio do 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP), solicita a colaboração da população na divulgação das imagens de dois homens e uma mulher, ainda não identificados, que estão sendo procurados pelo crime de furto qualificado, cometido com o uso de um dispositivo conhecido como “chapolin”, que impede o travamento das portas de veículos. O crime ocorreu na segunda-feira (06/09), por volta das 14h30, no bairro Cachoeirinha, zona sul da capital.

 

De acordo com a delegada Grace Jardim, que responde interinamente pela unidade policial, no dia do furto, a vítima, de identidade não revelada, estacionou seu carro próximo a uma loteria na Cachoeirinha, momento em um indivíduo saiu de outro veículo, de cor branca, que estava nas proximidades, e cometeu o delito.

 

“Quando a vítima retornou ao automóvel, dirigiu o veículo e não notou a falta dos objetos. Ao parar o carro, percebeu que seus pertences haviam sido furtados, entre eles uma mochila contendo um relógio, R$ 3,1 mil em espécie, e outros objetos pessoais”, contou a delegada.

 

Ainda conforme a autoridade policial, toda a ação criminosa foi registrada por meio das câmeras de segurança das proximidades do local onde o carro da vítima estava estacionado. Nas imagens é possível ver os três infratores.

 

Disque-denúncia – A delegada pede a quem tiver informações acerca da localização dos procurados que entre em contato pelo (92) 98476-0984, o disque-denúncia do 1° DIP, ou pelo 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). “A identidade do informante será preservada”, garantiu a delegada.

 

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.