Política

Peixoto apresenta indicação ao Executivo propondo a Criação do Distrito de Obras Rural na Seminf

Foto: Lucas Lobo
Foto: Lucas Lobo
17/02/2021 15h31

O vereador Peixoto (PTC) chamou a atenção do parlamento para zona rural de Manaus ao propor, durante pronunciamento realizado no grande expediente da sessão desta terça-feira (16), uma indicação para a criação de um Distrito de Obras Rural direcionado ao recebimento e acompanhamento de demandas dessa região à Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf).

“Requeiro à Mesa Diretora desta augusta Casa Legislativa, que seja encaminhada ao prefeito David Almeida, esta Indicação propondo ação do Poder Executivo, a fim de viabilizar a criação, no âmbito da Seminf, de um setor específico direcionado ao recebimento e acompanhamento de demandas de Obras na área Rural, para que as políticas de infraestrutura desenvolvidas pela Prefeitura de Manaus tenham ação concentrada e coordenada em um órgão interno específico para esta questão”, disse o vereador.

O líder do Partido Trabalhista Cristão destacou ainda que a área rural e ribeira do município vêm sendo esquecida ao longo dos anos. O parlamentar enfatizou a importância e a dificuldade vivenciada por cerca de 100 mil pessoas que residem e trabalham nessa região e que representa a maior parte do território do município. “A cidade de Manaus representa apenas 10% do território do município, sendo o restante formado por área rural”.

“Durante seis meses do ano, por conta do período chuvoso, esses produtores não conseguem escoar a produção por conta da trafegabilidade ruim dos ramais” registrou o vereador ao destacar que “aproximadamente 10% dos alimentos que chegam às feiras, que estão presentes na merenda escola e que chegam a nossa mesa são produzidos na zona rural de Manaus”. frisou.

Peixoto reiterou que sob o ponto de vista material, a medida é estritamente necessária, “posto que a criação de um setor específico, no âmbito da Seminf, concentraria os esforços para que as políticas de infraestrutura desenvolvidas pela Prefeitura tivessem ação concentrada e coordenada por um setor competente”.

“As obras públicas, notadamente as realizadas na área rural, são essenciais para o deslocamento da produção agrícola, bem como ao acesso de moradores as suas comunidades, aos postos de saúde, às escolas públicas, dentre outros serviços. Portanto, garantir vias de acesso adequadas é ação que efetiva o princípio constitucional de Liberdade de Locomoção, na medida em que facilita o acesso dessa população nos ramais, como também, reforça o compromisso do estado com a melhoria e a qualidade de vida da população rural”, enfatizou Peixoto.