Manaus, 20/08/2022

Polícia

POLÍCIA CIVIL PRENDE QUATRO PESSOAS APÓS ROUBO À RESIDÊNCIA NO BAIRRO NOVO ALEIXO

Foto:Divulgação PC
Foto:Divulgação PC
03/10/2018 09h34

Por Márcio Nobre

Manaus- A equipe de investigação do 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), com o apoio de policiais civis do 13º DIP, prendeu em flagrante, na manhã desta terça-feira (2/10), por volta das 10h, Antônio Oliveira Costa Neto, 30; Cleiton da Silva Nascimento, 24; a companheira de Antônio, Cleociana de Oliveira Monteiro, 27, e Danilo Cardoso, 23, por roubo à uma residência, ocorrido na manhã de ontem,3, no bairro Novo Aleixo, zona norte.

O resultado dos trabalhos foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, no prédio da unidade policial. De acordo com a delegada Marna de Miranda, titular do 27º DIP, o roubo ocorreu por volta das 6h, em uma casa situada na rua G7, bairro Novo Aleixo.

Marna de Miranda explicou que uma das vítimas, um homem de 40 anos, se dirigiu à unidade policial para comunicar o roubo. Na ocasião, foram apresentadas ao homem, fotografias de infratores que cometiam roubos com o mesmo modus operandi informados por ele. A vítima prontamente reconheceu Cleociana como integrante do grupo.

Foto:Divulgação PC

Prisões

Conforme a delegada, ao longo dos trabalhos investigativos em torno do grupo criminoso, os policiais civis obtiveram informações que o grupo residia em uma estância, situada na rua Pirapitinga, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. Após o depoimento da vítima, as equipes se dirigiram até o local indicado, onde encontraram os quatro infratores em posse do material roubado nesta manhã.

No lugar foram recuperados o carro da vítima, uma picape Strada de cor preta, além de televisores, caixas de som amplificadas e outros aparelhos eletrônicos da casa da vítima. Com o grupo foram encontradas, também, duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 32 e uma pistola 765, três munições de calibre 32 intactas. As armas foram utilizadas durante a ação criminosa.

Crime

Cleociana se passava por vítima, pedindo água nas casas que eram alvos do grupo e, quando os indivíduos aceitavam ajudá-la, ela abordava as vítimas e anunciava o roubo. “Eles sempre estão bem vestidos, por isso não levantavam suspeitas. Cleiton, inclusive, costuma vestir roupas sociais e carrega uma bíblia, se passando por pastor evangélico”, informou Marna de Miranda.

Segundo a titular do 27º DIP, a função de Cleociana é captar as vítimas e, no momento do delito, a infratora age com muita violência, portando arma de fogo. A autoridade policial informou que a vítima relatou que ela, os outros moradores da residência, foram amarrados, agredidos fisicamente, amedrontados e humilhados pelos infratores durante a ação criminosa.

“Esses indivíduos praticam furtos também. Eles estudam as residências e os horários em que as vítimas não estão e eles retiram todos os objetos de dentro dessas casas. Nossa finalidade é mostrar esses infratores, para que outras vítimas possam reconhecê-los e nos procurarem, pra que eles respondam por esses crimes”, declarou Miranda.

Reincidência

A delegada destacou que Cleociana atua como líder do grupo. “Cleociana foi presa pela equipe do 27º DIP em abril deste ano por receptação. Além disso, ela tem ainda, passagem pela polícia por roubo e furto”, disse Miranda.

Flagrante

Antônio, Cleiton, Cleociana e Danilo foram autuados em flagrante por roubo majorado e associação criminosa. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio do 27º DIP, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.