Manaus, 24/09/2022

Polícia

Polícia Federal faz operação para reprimir contrabando e descaminho

Polícia Federal faz operação para reprimir contrabando e descaminho
17/08/2022 11h10

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira, 17/8, a Operação Tântalo, visando desarticular um grupo criminoso voltado ao comércio de produtos descaminhados e/ou contrabandeados através da rede mundial de computadores.

As investigações se iniciaram em meados de 2021, após uma ação de repressão aduaneira realizada pela Receita Federal em diversas partes do território nacional, ocasião em que foram identificadas pessoas físicas e jurídicas atuantes na região de Dracena/SP e voltadas para a venda ilegal de mercadorias pela internet. Todas elas já haviam sido autuadas pela Receita Federal várias vezes.

Nos últimos 5 anos, os investigados e as empresas a eles relacionadas praticaram extenso comércio virtual de produtos descaminhados (eletrônicos, brinquedos, artigos recreativos, etc), sendo que apenas uma das empresas comercializou irregularmente mais de doze mil itens, cujo valor ultrapassou a casa dos R$ 12 milhões.

O aprofundamento das investigações permitiu, portanto, que a PF representasse pela expedição dos mandados de busca e apreensão, sendo eles deferidos pela Justiça Federal em Andradina/SP, ante a possibilidade de os imóveis estarem sendo utilizados como entreposto de mercadorias oriundas do Paraguai.

A investigação continua, agora com a análise dos materiais apreendidos, e os envolvidos poderão ser responsabilizados pelo crime de descaminho e de contrabando apenados, respectivamente, com reclusão, de 1 a 4 anos e reclusão, de 2 a 5 anos.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.