Cidade

Prefeitura adota mudanças no atendimento de casos suspeitos de esporotricose

Prefeitura adota mudanças no atendimento de casos suspeitos de esporotricose

Devido ao aumento na procura de avaliação de animais suspeitos de esporotricose, a Prefeitura de Manaus informa que, a equipe do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) Dr. Carlos Durand, estará atendendo os usuários e seus animais nas dependências da unidade, na avenida Brasil, s/nº, Compensa, zona Oeste, em fluxo separado dos demais serviços oferecidos no local (vacinação e castração). Os atendimentos serão agendados para segurança do usuário e da equipe do CCZ, a partir de contato telefônico ou por e-mail.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pelo centro de zoonoses, orienta os tutores de animais que identificando sintoma sugestivo da doença em seu animal, isole imediatamente o mesmo de pessoas e de outros animais, e leve a um veterinário de confiança. Não tendo condições para tal, a orientação é que os tutores entrem em contato com o CCZ para agendamento da avaliação do animal.

Os sintomas mais frequentes da esporotricose em cães e gatos são feridas profundas, geralmente na face e nos membros do animal, que não cicatrizam e podem progredir para o resto do corpo.

A Semsa também chama a atenção para o fato de que, a prática de abandono de animal é crime e não tem justificativa, considerando que a doença identificada precocemente é tratável.

Os contatos para agendamento são o 0800 280 8 280 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h); os celulares 98842-8359 / 98842-8484; ou endereço eletrônico [email protected].