Manaus, 29/11/2022

Cidade

Procon faz fiscalização das promoções da Black Friday em Manaus

Procon faz fiscalização das promoções da Black Friday em Manaus
16/11/2022 19h10

Com o objetivo de orientar os lojistas quanto aos cuidados a serem adotados durante o período da Black Friday em Manaus, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon-AM), realizou, nesta quarta-feira (16/11), uma blitz no comércio fiscalizando os preços dos produtos incluídos nesta promoção.

A primeira ação foi realizada em um shopping localizado na zona oeste da capital. De acordo com o diretor-presidente do Procon, Jalil Fraxe, a população precisa ficar atenta a possíveis fraudes.

“As pessoas devem verificar se as propagandas não são enganação, se os descontos realmente existem. As empresas oferecem reduções de 70%, 80%, mas nem sempre são verdadeiras. Os consumidores devem ficar ligados para não caírem em ciladas”, ressaltou.

Segundo o chefe de fiscalização do Procon-AM, Pedro Malta, no ano anterior, durante a semana da Black Friday, o Procon-AM recebeu várias denúncias de consumidores alegando aumento de preços às vésperas da promoção, e no dia seguinte o valor foi reduzido.

“Orientando nesse primeiro momento, para que na semana mais intensa, se a gente encontrar alguma anormalidade ou uma suspeita de fraude, nós vamos verificar e ele vai ter que prestar todas as informações inerentes, e se estiver errado, vai ser autuado assim como fizemos ano passado”, disse.

Cobranças abusivas

Em casos de cobranças abusivas, os clientes podem fotografar e gravar vídeos das ocorrências para comprovar possíveis irregularidades. Em relação às compras online, é indicado tirar prints e salvar encartes publicitários enganosos.

O consumidor que desconfiar de possíveis irregularidades pode registrar sua reclamação na sede do Procon-AM, localizada na avenida André Araújo, 1.500, bairro Aleixo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Também é possível entrar em contato com o órgão pelo (92) 3215-4009, pelo e-mail [email protected]ov.br e também por meio das redes sociais, no instagram.com/procon_amazonas ou facebook.com/ProconAmazonas

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.