Manaus, 29/01/2023

Brasil

Professora que levou 7 tiros em escola do ES recebe alta

Professora que levou 7 tiros em escola do ES recebe alta
02/12/2022 20h30

Nesta sexta-feira (2), a professora de História Sandra Regina Guimarães, de 58 anos, recebeu alta médica. Ela estava internada em função do atentado que aconteceu na última sexta (25), em Aracruz (ES), quando um adolescente atacou duas escolas da cidade.

Sandra foi atingida por sete tiros nas pernas, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEFM) Primo Bitti.

– Estava conversando com outras professoras quando ouvi um barulho que achei ser rojão, mas logo vi um homem com uma arma atirando nas colegas que estavam na mesa ao lado. Em seguida, ouvi a professora Flávia chamando para se proteger embaixo da mesa e assim fizemos. Primeiro vieram os funcionários do posto de saúde e um farmacêutico do local que, juntamente com o professor Luiz, começou a estancar os sangramentos e acalmar as vítimas, depois veio o socorro do Samu – disse ela ao portal G1.

Ela dá aulas no colégio há 30 anos. Em um vídeo, a professora falou sobre o tratamento que recebeu no hospital após o ataque.

– Eu estava naquele dia do terror, tomei sete tiros. Cinco na perna esquerda e dois na direita – explicou.

No atentado, quatro pessoas morreram: três professoras e uma aluna. Treze pessoas ficaram feridas. Duas professoras e dois estudantes seguem internadas, uma das professoras está em UTI, entubada, em estado grave.

A outra escola invadida pelo adolescente foi o Centro Educacional Praia de Coqueiral, antes conhecida como Colégio Darwin. O rapaz usou duas armas do pai e o carro da mãe.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.