Política

Profissionais do “Mais Médicos para o Brasil” não atendem pacientes com Covid no interior do estado, denuncia deputado

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
19/01/2021 15h45

Profissionais do “Mais Médicos para o Brasil” não atendem pacientes com Covid no interior do estado, denuncia deputado

Durante Sessão Virtual Extraordinária da Assembléia Legislativa do Amazonas (Aleam), realizada hoje, 19, o deputado Adjuto Afonso (PDT), informou que está encaminhando ao Ministério da Saúde, em caráter de urgência, uma solicitação para que os médicos do programa “Mais Médicos para o Brasil”, sejam orientados quanto aos atendimentos nos municípios do Amazonas. O parlamentar recebeu denúncia de que esses profissionais estão se recusando a atender pacientes com sintomas de Covid-19.

“Os médicos desse Programa prestam serviços nos municípios amazonenses, e hoje, recebi a informação do prefeito reeleito de Manaquiri, Jair Souto (MDB), atual presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), de que esses médicos estão se recusando a atender pacientes com sintomas de Covid, principalmente nos municípios mais distantes. O fato é que se esses médicos, que são os únicos que estão lá, se recusam a atender a população, as pessoas vêm pra Manaus e o caos aumenta aqui também”, ressaltou o parlamentar.

O deputado, então, informou que está encaminhando um documento ao Ministério da Saúde solicitando que os médicos do programa sejam orientados a atender a população nas suas necessidades em geral, que hoje se concentra no Covid-19, e pediu o apoio dos demais colegas para assinarem a solicitação.

O parlamentar cobrou, ainda, que o Executivo envie mais insumos de apoio à luta contra o vírus para os municípios mais distantes, e que, tão logo amenize a situação da pandemia com a chegada da vacina, sejam direcionados esforços para dotar os municípios pólos de mini usinas, para garantir atendimentos frequentes no interior.

Os deputados reuniram em Sessão Extraordinária para tratar sobre a grave crise na saúde do estado do Amazonas.