Manaus, 29/01/2023

Amazonas

Rivais no Festival de Parintins, bois do AM se unem em campanha pelos Yanomami

Rivais no Festival de Parintins, bois do AM se unem em campanha pelos Yanomami
25/01/2023 14h50

Rivais no Festival de Parintins, no Amazonas, os bois Caprichoso e Garantido se uniram em um campanha pelos indígenas Yanomami. Na parte de Roraima, a terra indígena enfrenta uma crise humanitária que levou à morte de crianças por desnutrição.

Os bois de Parintins estão mobilizando os torcedores e a comunidade em geral para doações em dinheiro a partir de R$ 5. “Todo valor é essencial neste momento que falta o básico para viver”, destacaram os bumbás, em nota conjunta.

A campanha de arrecadação está na plataforma Apoia-se e pode ser acessada pelo link: https://apoia.se/yanomami.

As duas agremiações se comprometeram em prestar contas publicamente do valor arrecadado e da destinação dos produtos que serão entregues para os Distritos Sanitários.

Cadastro de voluntários

A Terra Indígena Yanomami abrange os estados do Amazonas e Roraima. No Amazonas, a região ocupa parte do território de São Gabriel da Cachoeira, cidade mais indígena do país.

Roraima detém a maior parte da terra indígena e enfrenta um problema comum na região amazônica, o garimpo ilegal, apontado como uma das causas da crise humanitária.

O Ministério da Saúde abriu inscrições para voluntários atuarem na região da terra indígena. No Amazonas, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) está mobilizando universitários e profissionais da área da saúde.

Serão selecionados médicos, enfermeiros e nutricionistas, que vão atuar de acordo com suas especialidades.

O cadastro é feito em um formulário disponível na internet, neste link.

De acordo com a Ufam, o cadastro é permanente e há a possibilidade de convocações em eventuais futuras missões.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.