Manaus, 29/11/2022

Amazonas

Secretaria de Educação do Amazonas sedia 8º Simpósio Nacional de Lutas

Secretaria de Educação do Amazonas sedia 8º Simpósio Nacional de Lutas
18/11/2022 16h50

Pela primeira vez realizado em Manaus, o 8º Simpósio Nacional de Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate iniciou nesta sexta-feira (18/11), na sede da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, no bairro Japiim, zona sul da capital. A programação, direcionada a profissionais de Educação Física e de Artes Marciais, segue até domingo (20/11).

Durante o encontro, serão discutidas as práticas de ensino de Artes Marciais na educação escolar e suas contribuições para a sociedade. O evento é realizado de forma presencial, com a participação de profissionais da área e professores, e ainda, de forma virtual, onde será livre para estudantes, atletas e o público em geral.

O professor de Educação Física, Irleson Ferreira, da Escola Estadual Professora Maria Teixeira Goes, zona leste de Manaus, diz que o simpósio mostra a importância de diálogos sobre as lutas como um incentivo à educação.

“A luta trabalha diretamente com a disciplina, com respeito, ou seja, não trabalha só com o físico, mas com o social. Então não se trata apenas da conscientização corporal, mas a conscientização de formar bons cidadãos para o desenvolvimento da sociedade”, enfatiza.

O idealizador do simpósio, Leandro Paiva, acredita que a iniciativa é uma boa chance de debater os temas com grandes especialistas das artes marciais. “O evento é a oportunidade que a Secretaria de Educação, junto com a Fapeam, oferecem, de trazer os mais renomados pesquisadores sobre o tema para debater a relação das pesquisas com a prática real, vigente no dia a dia das escolas da rede”, aponta o professor.

O encontro já ocorre tradicionalmente há 12 anos, sempre realizado no Rio de Janeiro. Neste ano, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa no Amazonas (Fapeam), com apoio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, acontece pela primeira vez em Manaus.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.