]

Manaus, 25/10/2021

Cidade

Seinfra interdita, parcialmente, pista superior do viaduto do Anel Sul, neste final de semana

Seinfra interdita, parcialmente, pista superior do viaduto do Anel Sul, neste final de semana
07/10/2021 21h30

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) informa que a partir das 14h, deste sábado (09/10), o tráfego de veículos na Avenida Torquato Tapajós, na altura do trevo do Viaduto Lydia da Eira Correa, sofrerá alteração, com a interdição de uma de suas alças e da pista superior no sentido Avenida José Henriques, em direção à estrada do Tarumã.

A interdição acontece de sábado (09/10), a partir das 14h, até a madrugada de segunda-feira (11/10), quando a pista será liberada para o tráfego de veículos.

A intervenção é necessária para que a empresa responsável pela obra possa concluir os trabalhos de aplicação da junta de dilatação, situada entre as duas pistas de rolamento do viaduto (pista superior). O serviço está sendo realizado agora, em função da demora na chegada do material específico para esse tipo de obra, que é importado.

Com a interdição, o motorista que vier da Avenida Arquiteto José Henriques e quiser acessar o Tarumã, terá que se manter à direita, em direção à avenida Torquato Tapajós para fazer o retorno próximo à Barreira e em seguida pegar a Estrada do Tarumã.

O motorista que vier do Centro e tiver como destino a Estrada do Tarumã, deverá seguir direto pela Avenida Torquato Tapajós, fazer o retorno próximo à Barreira e em seguida acessar a Estrada do Tarumã.

A interdição se dará apenas para quem trafega do centro e da avenida José Henriques em direção ao Tarumã. Os outros percursos estarão operando normalmente.

Sinalização – os trechos interditados estarão sinalizados e contarão com a presença de agentes do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), que estarão orientando os motoristas.

Durante o período de interdição, a Seinfra realizará obras no tabuleiro da pista superior do viaduto.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.