Manaus, 29/11/2022

Amazonas

Sejusc inicia campanha ‘16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’ com blitz de conscientização

Sejusc inicia campanha ‘16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres’ com blitz de conscientização
25/11/2022 14h10

Com o objetivo de chamar a atenção para o enfrentamento à violência doméstica, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) iniciou, nesta sexta-feira (25/11), a campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres”. A programação vai até o dia 7 de dezembro e prevê várias atividades de conscientização envolvendo toda a rede de proteção atuante no Amazonas.

A abertura da campanha contou com blitz de conscientização na bola do Eldorado, bairro Parque 10, zona centro-sul, com distribuição de material gráfico com os contatos da rede de proteção à mulher. Na avenida Torquato Tapajós, o Ônibus da Mulher contou com serviços especializados da rede de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar.

O titular da Sejusc, secretário Emerson Lima, reforça a importância da data para a luta das mulheres. Ele adianta que as equipes devem levar ações de conscientização a mercados, feiras, bares, restaurantes, além de rodas de conversa e atendimentos por meio do Ônibus da Mulher.

A secretária executiva de Políticas para as Mulheres (SEPM), Maricília Costa, ressaltou que a campanha traz um tema que deve ser reforçado continuamente na sociedade atual para a conscientização de todos.

“Hoje nós abrimos a campanha ‘16 Dias de Ativismo’ e iremos bater muito nessa tecla. Nós temos que estar sempre protegendo nossas mulheres contra a violência doméstica, então durante o mês estaremos em diversas ações para que mais mulheres possam saber dos serviços que o Estado oferece”, pontua a secretária.

Ativismo

No dia 25 de novembro, é comemorado o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres, data estabelecida no Primeiro Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe realizado em Bogotá, Colômbia, no ano de 1981.

A data é uma homenagem às irmãs Birabal que foram brutalmente assassinadas pelo ditador Rafael Leónidas Trujillo, em 25 de novembro de 1960. As três foram assassinadas por serem ativistas e lutarem por seus direitos.

Cartilha da Mulher

Em agosto deste ano, a Sejusc lançou a Cartilha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, que tem o intuito de informar a rede de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar no estado do Amazonas, bem como a sociedade de modo geral. O documento está disponível no site da Sejusc (www.sejusc.am.gov.br).

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.