Manaus, 06/07/2022

Polícia

Suspeito de matar homem no bairro Jorge Teixeira é preso em Sergipe

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
20/05/2022 11h20

A polícia prendeu nesta quinta-feira (19), Kennedy Alfaia da Costa, 26, suspeito de matar um desafeto a tiros no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste. De acordo com a polícia, Kennedy é companheiro de Aline Fontoura da Silva, mais conhecida como “Loira do Face”, e contou com ajuda dela para cometer o crime.

No dia 24 de junho de 2021, o casal abordou Alan Pinto da Silva que estava em uma praça de alimentação na rua dos Lírios e o executou a tiros no meio da rua, em plena luz do dia. Após meses de investigação, a Loira do Face foi presa no dia 25 de janeiro deste ano, mas Kennedy continuava foragido.

Segundo a delegada Marília Campêlo, após o crime, em junho de 2021, Kennedy conseguiu sair do Amazonas e estava vivendo na capital sergipana. Um trabalho coordenado entre as polícias dos dois estados conseguiu localizar e prender o companheiro da “Loira do Face”, Aline Fontoura, que também participou do homicídio. Ele deve ser mandado para Manaus nos próximos dias.

Quanto ao crime do qual é suspeito, ele teve como vítima Alan Pinto da Silva e foi motivado, segundo a polícia por disputa por ponto de tráfico de drogas.

“A Aline diz que foi por conta de briga por ponto de celular, mas nós sabemos que os dois tem uma ficha criminal extensa. Eles foram presos por tráfico de drogas, inclusive o Kennedy foi preso com a vítima e com Aline Fontoura por tráfico juntos e ela já foi presa por latrocínio e outros crimes. Essa história de briga por celular não convenceu a polícia”, diz Marília.

Na ocasião, Alan e a esposa estavam em uma praça de alimentação na rua dos Lírios, quando Kennedy chegou em uma motocicleta pilotada pela Loira do Face e abriu fogo contra eles. Alan morreu na hora e a mulher conseguiu correr e se esconder. “A Aline participou da ação criminosa, inclusive ela gritava para o Kennedy matar também a mulher do Alan”, afirma a delegada.

Fonte: Portal do Holanda

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.